Preso em SP membro do PCC suspeito de sequestrar ganhadores da Mega-Sena

Os irmãos foram sequestrados no dia 23 de outubro do ano passado, no parque Continental 2, em Guarulhos

Policiais da Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar) prenderam, na noite desta quarta-feira (15), na zona norte de São Paulo, um homem suspeito de ter participado, em dezembro, do sequestro de dois pedreiros ganhadores da Mega-Sena.

Policiais das Rota prenderam homem suspeito de fazer parte da facção criminosa PCC , no bairro Parque Casa de Pedra, zona norte de São Paulo. Foto:Divulgação
Policiais das Rota prenderam homem suspeito de fazer parte da facção criminosa PCC , no bairro Parque Casa de Pedra, zona norte de São Paulo. Foto:Divulgação

Os irmãos foram sequestrados no dia 23 de outubro do ano passado, no parque Continental 2, em Guarulhos (Grande São Paulo). De acordo com a polícia, um deles, de 43 anos, é ganhador de um prêmio da Mega-Sena no valor de R$ 7,8 milhões. A quadrilha exigia R$ 500 mil de resgate.

Segundo a SSP (secretaria de Segurança Pública), Diego Santos, 27, conhecido como “Coringa”, também é suspeito de ordenar os atos de vandalismo que paralisaram a rodovia Fernão Dias, na capital paulista, em outubro. Os casos eram investigados pelo Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais).

No carro do suspeito foram encontrados celulares e um caderno com anotações que, segundo a polícia, remetem à com a contabilidade do tráfico de drogas no Estado.

Diego não estava armado e não reagiu a prisão. Na casa do suspeito, em Guarulhos (Grande São Paulo), foram apreendidos uma pistola 9 mm, munições e R$ 6.900, além de outro caderno com mais anotações do crime organizado.

Fonte:Uol

Compartilhar:
    Publicidade