Previsão do tempo diz que chuva não dará trégua em Natal nesta segunda

A tendência é de que o prefeito decrete estado de calamidade pública na capital potiguar

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A chuva que não dá trégua desde a semana passada continua a castigar a cidade de Natal nesta segunda-feira. De acordo com a Climatempo, a previsão para hoje é de sol com muitas nuvens durante o dia, com chuva a qualquer hora. Neste final de semana, o prefeito Carlos Eduardo determinou que todas as secretarias fiquem em alerta em função das chuvas – o prefeito pode inclusive decretar estado de calamidade pública na capital potiguar. Confira a previsão do tempo para todo o Brasil:

Norte

Sol com pancadas de chuva a qualquer hora do dia, no leste do Amapá, no litoral do Pará e no norte de Roraima. Sol e calor no Tocantins, centro-sul do Pará, do Amazonas, no leste do Acre e em Rondônia. Pancadas de chuva a partir da tarde e início de noite nas demais áreas da região.

Nordeste
Em todo o litoral do Nordeste, há previsão de sol e chuva fraca a qualquer hora do dia, incluindo Natal, cidade que vem sendo castigada pela chuva desde a semana passada. No sertão da Bahia, sol e muitas nuvens, mas não chove. No centro-norte do Maranhão, do Piauí e do Ceará, chove a partir da tarde. Tempo firme nas demais áreas da região.

Centro-Oeste
O ar seco continua atuando em grande parte do Centro-Oeste. Apenas no sul do Mato Grosso do Sul chove a partir da tarde e início de noite. Sol e calor em todo Centro-Oeste, sem condição para chuva.

Sudeste
Sol, tempo firme e seco em grande parte do Sudeste. No norte do Espírito Santo, no leste e sul de São Paulo chove a partir da tarde e início de noite. Muitas nuvens e aberturas de sol, sem previsão de chuva no norte de Minas Gerais.

Sul
Áreas de instabilidade provocam chuva a qualquer hora do dia, no centro-oeste de Santa Catarina, do Paraná e no norte do Rio Grande do Sul. No leste catarinense, no leste e norte paranaense e no nordeste gaúcho, chove a partir da tarde. Muitas nuvens e tempo firme nas demais áreas da região.

Fonte: Terra

Compartilhar: