Produtor briga na Justiça e cobra dívida antiga de Valesca Popozuda

De acordo com Diogo, o documento valia por 24 meses após a data da assinatura que aconteceu em 2005

valesca-popozuda-foto-de-arquivo-764841

O sucesso atual de Valesca Popozuda, 35, fez com que a cantora fosse cobrada por umadívida do passado que teria com um ex-produtor, Diogo Vidal de Almeida.

Segundo a coluna “Retratos da Vida”, do jornal “Extra”, o profissional entrou nesta segunda-feira (16) com um processo contra Leandro Gomes de Castro, o Pardal, empresário da funkeira. Ele quer R$ 300 mil de indenização por ter investido uma granano grupo que a cantora fazia parte, Gaiola das Popozudas, depois da assinatura de um contrato que lhe dava o direito a 25% do lucrodos shows ocorridos em São Paulo durante dois anos.

“Além do contrato, tenho comprovantes de pagamentos de passagens aéreas, academia, alimentação e do aluguel da casa em que eles ficaram aqui. Ninguém tinha dinheiro para ficar em hotel. Eu acreditava no potencial delas. Tenho como provar tudo”, garantiu o produtor.

De acordo com Diogo, o documento valia por 24 meses após a data da assinatura que aconteceu em 2005. “Seis dias depois, descobri que Pardal havia assinado também com outro produtor. Não recebi nada do que investi e acabei deixando para lá porque sabia que eles não tinham, na época, como pagar. Agora, imagino que eles tenham como devolver o prejuízo que tive”, disparou ele.

 

Fonte: Yahoo

Compartilhar:
    Publicidade