Programa Nacional do DEM critica inoperância do governo do PT

José Agripino Maia faz uma série de críticas ao Governo Federal, comandado pelo PT

65UY5445Y45YY

O programa partidário do Democratas, que irá ao ar em rede nacional de rádio e televisão nesta quinta-feira (22), às 20h, faz duras críticas ao governo do PT e aponta a inflação, juros elevados, baixo índice de investimento e economia estagnada como os principais problemas que travam o crescimento do país. O programa lembra que o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil, em 2013, foi o segundo pior da América Latina.

“O Brasil se tornou um país caro. Caro para quem quer investir aqui e para os brasileiros que sabem que a feira da semana que vem será mais cara da que se faz hoje”, diz o presidente do DEM, senador José Agripino (RN). O parlamentar comenta ainda a perda da credibilidade do Executivo e sua incapacidade de atrair investimentos. “O governo, com baixa credibilidade, está perdendo grandes oportunidades para fazer o Brasil voltar a crescer. Por isso, há um clima de desconfiança dos mercados e um desânimo na sociedade”.

O partido também ressalta o prejuízo bilionário do país com a compra da refinaria de Pasadena (EUA), os indícios de corrupção na Petrobrás, as obras inacabadas e as promessas não cumpridas pela presidente Dilma Rousseff, além de críticas ao caos da saúde pública e a crise na Eletrobrás “por uma gestão incompetente e irresponsável”.

Como proposta para combater a estagnação econômica do Brasil, o Democratas defende a redução da máquina pública, mais privatizações e concessões e o aumento da taxa de investimento para 25% do PIB. O partido também sugere menos impostos e burocracia, mais apoio ao agronegócio e incentivo aos jovens empreendedores.

Participaram do programa nacional do Democratas os deputados federais Mendonça Filho (PE), Ronaldo Caiado (GO) e Onyx Lorenzoni (RS), além do pré-candidato ao governo da Bahia, Paulo Souto, e do ex-prefeito do Rio de Janeiro César Maia.

Compartilhar: