Projeto da Fecomércio-RN para Augusto Severo é apresentado

Sabe-se que é um pré-projeto de centro de convenções junto com museu aeronáutico, que ocuparia todo o prédio do terminal e o estacionamento.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Federação do Comércio, Bens e Serviços do RN entregou hoje durante uma reunião-almoço do Conselho Deliberativo do Sebrae-RN um projeto atualizado para a utilização das dependências do recém desativado aeroporto Augusto Severo, em Parnamirim. Sabe-se que é um pré-projeto de centro de convenções junto com museu aeronáutico, que ocuparia todo o prédio do terminal e o estacionamento.

A assessoria da Fecomercio fez mistério sobre o projeto, alegando que o presidente da entidade, Marcelo Queiroz, estaria trabalhando pessoalmente em algumas atualizações antes de mostrá-lo para o conselho deliberativo do Sebrae-RN, do qual ele faz parte.

Mas transformar o Augusto Severo num centro de convenções, idéia defendida por algumas áreas do comércio que consideram o atual centro de convenções de Natal, na Via Costeira, pequeno para a demanda, pode não ser compartilhada por todos os conselheiros do Sebrae-RN, a começar pelo presidente Silvio Bezerra.

Em entrevista esta semana ao JH, Bezerra disse que a área do antigo terminal seria ótima para abrigar o Ceasa, que está espremido entre Lagoa Nova e Candelária, não tendo como receber os caminhões com hortifruti que trafegam numa região densamente ocupada com repartições federais e prédios residenciais.

O projeto da Fecomercio RN está pronto há mais de um ano e já exibia o detalhamento de um novo Centro de Convenções. Não se sabe ainda em que o pré-projeto sofreu modificações.

Compartilhar: