Projeto Educacional no Hospital Walfredo Gurgel terá repercussão nacional

Desde que foi implantado (em 2011) o projeto já atendeu a mais de 200 crianças

Projeto leva educação às crianças no tempo em que estiverem internadas. Foto:Divulgação
Projeto leva educação às crianças no tempo em que estiverem internadas. Foto:Divulgação

O Projeto Classe Escolar do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel (HMWG), realizado em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (SMS), será destaque na edição de março da revista Professor Mestre. O Projeto tem o objetivo de minimizar a defasagem educacional das crianças internadas – devido ao afastamento do ambiente escolar – durante o período de tratamento. Desde que foi implantado (em 2011) o projeto já atendeu a mais de 200 crianças. Este ano, as aulas tem início já na próxima terça-feira (4).

O Classe Escolar é coordenado no HMWG pelas pedagogas, Fátima Galvão e Luciana Nogueira, que, de posse da grade curricular aplicada por cada escola de origem das crianças internadas, (no Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) ou na enfermaria do terceiro andar), lecionam o conteúdo, estimulando os alunos através de jogos, brincadeiras e muita leitura.

Fátima afirma que se realiza em poder ver o resultado prático através do aprendizado das crianças. “É muito satisfatório constatar que a criança está sendo beneficiada”.

Já Luciana conta que o principal objetivo do processo é a reinserção da criança na escola, pós alta hospitalar. “A readaptação é muito difícil. Nossa meta é fazer que, na volta para a escola, não haja dificuldade para continuar de onde ela parou. A criança deve retornar motivada”.

A revista Profissão Mestre é uma publicação que divulga experiências exitosas na área da educação há 15 anos, direcionada para professores e educadores, com tiragem mensal de quase 15 mil exemplares e distribuição por todo o país. Para conhecer mais sobre o trabalho desse veículo, acesse o endereço http://www.profissaomestre.com.br/

Compartilhar: