Projeto incrível do MIT cria livros que você pode vestir e sentir

Protótipo Sensory Fiction acompanha a leitura e vai causar sensações nos leitores

Livros se comunicam com colete para criar sensações nos leitores. Foto: Divulgação/MIT
Livros se comunicam com colete para criar sensações nos leitores. Foto: Divulgação/MIT

Se você acha que os computadores de vestir seriam apenas pulseiras e óculos está enganado. Um projeto do laboratório de mídia do Massachusetts Institute of Technoloy (MIT) chamado Sensory Fiction (algo como ficção sensorial) quer criar um livro vestível que crie sensações físicas baseadas no que está escrito.

O leitor usa uma engenhoca parecida com um colete que produz efeitos, como a iluminação do ambiente, vibração, temperatura e até aperta o leitor, causando sensações físicas. Tudo isso para passar a emoção das cenas que estão descritas nas obras.

Um sensor acompanha a leitura, se o protagonista está apaixonado, por exemplo, o colete vibra para aumentar a taxa de batimentos cardíacos do leitor também.

O sistema já conta com uma história criada especialmente para ele: The Girl Who Was Plugged In (A garota que foi plugada, em tradução livre). Em entrevista ao Mashable, Um dos membros do time responsável pelo Sensory Fiction, Felix Heilbeck explica o projeto.

— Essa não é uma ideia de produto, mas uma exploração no contexto de histórias de ficção científica. É um artefato criado para provocar discussões.

 

Fonte:

Compartilhar:
    Publicidade