Projeto RN Sustentável capacitará mais de 1500 profissionais da Saúde

Na ocasião, foi discutida a possibilidade de que a UERN ministre cursos de capacitação para 1500 profissionais da Rede Materno-infantil do RN, além de 35 médicos da Rede de Oncologia e 30 da Rede de Urgência e Emergência

O Projeto RN Sustentável, assinado em outubro de 2013, prosseguindo até 2017, conta com um investimento de 700 mil dólares, por parte do Banco Mundial. Foto:Divulgação
O Projeto RN Sustentável, assinado em outubro de 2013, prosseguindo até 2017, conta com um investimento de 700 mil dólares, por parte do Banco Mundial. Foto:Divulgação

Na tarde desta segunda-feira (20), o Secretário de Estado da Saúde Pública, Luiz Roberto Fonseca, reuniu-se com a gerente do Projeto RN Sustentável/Sesap e com o Reitor da UERN Pedro Fernandes Ribeiro e representantes da instituição, com o objetivo de discutir sobre o andamento do projeto no âmbito da Sesap, destinado à melhoria da gestão e de sua capacidade institucional, através do investimento nas áreas de gestão de Recursos Humanos, aquisições e gestão financeira. O projeto é financiado pelo Banco Mundial.

Na ocasião, foi discutida a possibilidade de que a UERN ministre cursos de capacitação para 1500 profissionais da Rede Materno-infantil do RN, além de 35 médicos da Rede de Oncologia e 30 da Rede de Urgência e Emergência. Essa capacitação, prevista para ocorrer de abril a agosto deste ano, juntamente com a implantação, em todas as maternidades do Estado, dos protocolos da Rede Cegonha – como o de acolhimento com classificação de risco, de violência institucional e de sepse neonatal – são as primeiras ações do Projeto RN Sustentável no âmbito da Sesap.

De acordo com a gerente do Projeto RN Sustentável/Sesap, Ana Petta, com a implantação desses protocolos da Rede Cegonha, será possível reestruturar os serviços em conformidade com o preconizado pelo Ministério da Saúde. “Assim, a gestante parturiente terá um acompanhamento de maior qualidade”, destacou. Os recursos para a realização da capacitação são de aproximadamente R$ 520 mil, que já se encontram na Secretaria de Estado do Planejamento e das Finanças (SEPLAN), responsável por conduzir e monitorar o projeto.

O Projeto RN Sustentável, assinado em outubro de 2013, prosseguindo até 2017, conta com um investimento de 700 mil dólares, por parte do Banco Mundial. Segundo Ana Petta, “o projeto vai deixar marca dentro do Estado, porque é consistente, feito com base num levantamento dos problemas na Saúde, com o objetivo de superá-los, propiciando à população serviços de maior qualidade”.

Fonte:Assessoria

Compartilhar:
    Publicidade