QUÁ DUIS DOIS É MAIS PIÓ ?…

Fazê curtura populá nessa Terra de Mestre Câmara Cascudo, cuntinua cumo derna qui o mundo é mundo; “mais difíce do…

Fazê curtura populá nessa Terra de Mestre Câmara Cascudo, cuntinua cumo derna qui o mundo é mundo; “mais difíce do qui fazê cocô dento d’uma gaiola, sem melá uis palito”… Verdade! Aigumas pessoa pode inté tá surrindo cum isso qui eu tô dizendo; mais é nada mais nada menos, do qui a essênça da verdade; e qui triste verdade?!… Tá munto mais prá chorá do qui prá surrí!… Cuma se num bastasse a farta de apôio; nóis inda tinha, num passado não munto remoto; a péissiguição impracáve da Ordem Dos Músicos do Brasil, seção RN. Quem num tivesse aquela cartêrinha, paricida cum a cartêra de “puta” qui a finada Dercí Gonçalves tanto falava; quando tivesse se apresentando, onde qué qui fôsse, tava sujeito a sê mandado pará o show e muntas vêiz; tê seu matéria de trabáio apreendido, da fóima mais humiante e degradante pussíve… É cumo aquela históra munto antiga, qui aqui no Cantinho do Zé Povo, hoje eu faço uma adapitação: “Eu quiria tê; o dinhêro qui o meu vizíin pensa qui eu tenho; ais muié qui a minha muié pensa qui eu tenho; e a OTORIDADE qui uis fiscá da Ordem Dos Músicos Pensava qui tinha”… Uis cara chegava tudo se amostrando, gritando, tudo cum uis braço aberto (de tanta bomba qui tumava…), cum uma porra d’um culête preto, cum ais costa bordada de amarelo, a palavra FISCALIZAÇÃO… Mais, mêrmo cum tôda essa truculênça; eu inda tive a “felicidade” de presenciá “uma camada de pau qui um dêsses fiscá levô”; só num digo o nome dêle, mode num sujá o ispaço da minha coluna… Inté qui apariceu um JUIZ FÍI DE NOSSA SINHORA, qui acabô cum êsse dirmando; dêxando nóis, artistas populá, trabaiá in paiz… Mais apariceu um cara cum um mandato de Vereador, qui apresentô um projeto de lei, improibindo da gente trabaiá. Daqui prá sigunda ô terça fêra, vô discubrí o nome do “fíi de lôicêra”(cum todo respeito àis lôicêra…) qui foi o autô dessa lei; qui ôtos vereadô qui se diz apoiadô da curtura populá, aprováro irresponsávemente… Puro qui tô sabendo, foi na legislatura anteriô… E quando eu discubrí; juro qui vô iscrevê um foiêto de cordel “homenageando o fela da gaita”!… Saímo dais garra da OMB e caímo na “dilicadêza” duis fiscá da SEMURB; qui tão fazendo izatamente o qui a “rapaziada” da OMB fazia, quando chegava nuis barzinho da vida… Cum o agravante; querem murtá uis dono duis estabelecimento, apreende uis instrumento, ameaçam prendê uis artista, dono duis estabelecimento; enfim; quere passá um pente fino in nóis, quando quem tá chêíin de piôio é êles mêrmo… Quero apruveitá, mode cunvidá uis iluminado, poeta, músico, cantô, cumpositô, dono de estabelecimento, enfim; a rapaziada qui Cuma eu, se sente projudicada, mode nóis se reuni na quarta fêra qui vem; dia 16, na Aplauso Casa Show, na Estrada da Redinha; às 19 horas. Meu irmãozíin Black Show, ajunte sua turma qui eu tô fazendo minha parte no face e no programa de Riva Júnior… Se unido a gente é fraco; disunido a gente num é “porríssima ninhuma”!… Ramo se ajuntá e mostrá qui nóis tem fôrça; sei qui “se zuada desse jeito a aiguma coisa; pôico só murria de véio”; mais ramo à luta cum ais áima qui nóis tem… Qui Papai do Céu e uis isprito de Mestre Cascudo, Deífilo Gurgel, Elino Julião, Zé Saldanha, do Poeta Amarildo, Myrian Maia, Nazir, Mainha do Sax, Bartolomeu de Melo, Luiz Felipe Neris e tantos ôto qui já se fôro, istêja cum nóis!…

Compartilhar:
    Publicidade