Que tal emagrecer incluindo Chia em sua dieta ? Conheça essa maravilha

A Chia é uma das plantas mais apreciadas e com maiores propriedades nutricionais

Batido-de-chia-500x325

A Chia é uma das plantas mais apreciadas e com maiores propriedades nutricionais. São muitas as civilizações antigas que a tinham como componente básico em sua dieta, se sobressaindo como uma fonte natural de ômega 3, antioxidantes, vitaminas, minerais etc. O melhor é que nos ajuda a queimar gordura, sendo uma aliada muito adequada para reduzir o peso.

A Chia é uma das plantas mais apreciadas e com maiores propriedades nutricionais. São muitas as civilizações antigas que a tinham como componente básico em sua dieta, se sobressaindo como uma fonte natural de ômega 3, antioxidantes, vitaminas, minerais etc. O melhor é que nos ajuda a queimar gordura, sendo uma aliada muito adequada para reduzir o peso.

Por que a Chia é boa para reduzir o peso?

  • A semente da chia tem o excelente poder de acelerar o metabolismo, e com isso, queimar as gorduras localizadas na cintura e no abdômen. Além disso, temos que somar sua grande proporção de cálcio, o qual nos ajuda a digerir as gorduras que consumimos no dia. A Chia nos ajuda, em especial, a obter uma barriga mais enxuta.
  • Graças ao seu conteúdo de ômega 3, a chia é uma grande aliada para combater a celulite e a prevenir o envelhecimento precoce. Ela também é anti-inflamatória.
  • Nos ajuda a moderar o apetite. Se a consumimos de forma regular atuará como saciante, preenchendo o estômago e impedindo que comamos mais que o devido.
  • A Chia é também um excelente regulador intestinal. Contém uma alta quantidade de fibra regulando o intestino preguiçoso. Porém, é indispensável que bebamos 2 litros de água por dia.
  • Segundo um estudo da Universidade Ohio nos Estados Unidos, as sementes de chia nos ajudam a combater a ansiedade, é um relaxante muito eficiente e recomendado pelos nutricionistas.

Outros benefícios das sementes de Chia

  • A Chia é a maior fonte vegetal com ácidos graxos ômega 3.
  • São ricas em antioxidantes, proteínas, aminoácidos, vitaminas, minerais e fibra.
  • Não contém glúten.
  • Não tem cheiro.
  • Nos fornece energia.
  • Reduz o colesterol e regula a pressão arterial.
  • Favorece a digestão.
  • Cuida do nosso coração.
  • Melhora o desenvolvimento e a regeneração dos tecidos.
  • Regula os níveis de açúcar no sangue.
  • As sementes de chia são baixas em sódio.

Como consumir as sementes de Chia para emagrecer?

  • O indicado é consumir 25 gramas de chia por dia.
  • Para consumir as sementes de chia e conseguir baixar de peso dia a dia, você deve ser constante e tomar ao menos durante um mês.Antes das duas principais refeições prepare um copo de água ou suco, como se deve consumir somente 25 gramas por dia, coloque em cada copo a metade, ou seja, 12,5 gramas.
  • Devido a fibra solúvel que contém a semente de chia e a sua capacidade de absorção de líquido, você verá que lentamente ela desaparece do copo de água, para se transformar em um líquido mais espesso. Deixe de repouso 30 minutos. Essa reação que provocam as sementes de chia se deve ao gel da sua fibra solúvel.
  • A semente de chia pode ser consumida com leite vegetal, iogurtes, saladas, frutas, molhos, sopas, cremes, verduras etc. Você pode, inclusive, comprar de forma moída e fazer sobremesas com ela para obter seus benefícios.
  • Lembre de beber dois litros de água por dia, é indispensável para que a chia cumpra sua função.

Onde posso conseguir as sementes de chia?

Habitualmente é normal encontrar as sementes de chia nos supermercados. Mas, se não encontrar, você pode recorrer a qualquer loja de produtos naturais, farmácia homeopática da sua cidade onde frequentemente se vende. Procura saber se são sementes de boa qualidade, uma seleção recente. Para isso você deve olhar a data de embalagem.

Como já comentamos, você pode encontrar tanto as sementes de chia inteira como moídas, muito adequadas para polvilhar nossas salada e incluir em nossas sobremesas. Existem várias opções e todas são igualmente saudáveis.

 

Fonte: Site Melhor com Saúde

Compartilhar: