Raspar língua é maneira eficaz de dar adeus ao mau hálito

Com um raspador de língua é possível remover cerca de 98% da camada de bactérias

A saburra deve ser removida diariamente, na mesma frequência em que se escova os dentes. Foto: Divulgação
A saburra deve ser removida diariamente, na mesma frequência em que se escova os dentes. Foto: Divulgação

Os especialistas já deixaram bem claro: um dos segredos do combate ao mau hálito é a eliminação da saburra lingual, camada esbranquiçada cheia de bactérias e restos de alimentos que se acumulam em cima da língua. Para isso é necessário limpar a língua com a mesma frequência que se escova os dentes.

Segundo Alênio Calil Mathias, vice-presidente da SOBREHALI (Sociedade Brasileira de Estudos da Halitose) essa limpeza é bem simples. “O ideal é que a língua seja raspada com raspadores próprios e o conteúdo jogado fora na pia. Para usá-lo basta colocá-lo no fundo da língua e arrastá-lo até a ponta. Repita esse mesmo movimento por aproximadamente 20 vezes”, diz.

O especialista destaca, ainda, que esse procedimento deve ser feito todos os dias, todas as vezes que se escova os dentes. “A saburra deve ser removida diariamente, já que, em 90% dos casos, a origem do mau hálito é na boca. Com um raspador de língua você consegue remover cerca de 98% da saburra lingual”, afirma.

Limpar com a escova de dente não é a mesma coisa

Muitas pessoas costumam limpar a língua escovando-a ou usando a borda posterior da escova. Essa prática elimina um pouco a saburra, mas não remove toda a película de bactérias. “O raspador de língua é o método mais eficiente”, diz Alênio.

Embora a maioria das pessoas ignore a limpeza da língua, Alênio explica que o procedimento é uma complementação fundamental da higienização bucal e do combate à halitose. “Só escovar o dente e passar fio dental não é suficiente. Em todos os casos de mau hálito, verificamos a presença de uma camada em cima da língua composta por bactérias, resíduos alimentares e células mortas”.

Fonte: Terra

Compartilhar:
    Publicidade