Recall de Ades por conter soda cáustica fez Unilever perder até R$ 224 milhões

A proibição da venda do suco foi feita em março do ano passado, após o governo obrigar a marcar a fazer um recall de um lote de suco de maç

Sucos foram recolhidos das prateleiras após a proibição de comercialização. Foto:Divulgação
Sucos foram recolhidos das prateleiras após a proibição de comercialização. Foto:Divulgação

A Unilever perdeu entre 60 milhões a 70 milhões de euros (entre R$ 192 milhões e R$ 224 milhões, aproximadamente) em vendas do suco Ades no Brasil em 2013. A informação foi dada pelo presidente global da empresa, Paul Polman.

A proibição da venda do suco foi feita em março do ano passado, após o governo obrigar a marcar a fazer um recall de um lote de suco de maçã. Nele foram detectados resíduos de soda cáustica nos produtos.

Na época, o grupo holandês de alimentação e cosméticos emitiu uma nota informando que o consumo da substância poderia causar queimaduras. Em abril, a Anvisa liberou o comércio do produto, mas manteve a proibição da venda do suco sabor maçã.

O caso teve grande repercussão negativa, e os sucos começaram a encalhar nas prateleiras mesmo depois da liberação.

No balanço publicado ontem, a Unilever afirma que o desempenho da marca Ades não foi bom em 2013 por causa da retirada do produto do mercado.

O lançamento de outra bebida à base de soja, a Soy Force, no fim do ano passado, foi a alternativa para aumentar a venda dos sucos da categoria, segundo Polman.

“O ano de 2013 foi mais uma prova do progresso que estamos fazendo na transformação da Unilever com um crescimento sustentável. Nós entregamos outro ano de crescimento consistente nas vendas e na das margens com forte fluxo de caixa, apesar dos significantes ventos contrários e mercados altamente competitivos”, disse Polman.

A companhia registrou queda de 3% nas vendas no mercado global em 2013 e aumento de 11% no lucro líquido, que subiu a 4,84 bilhões de euros

Produção de suco já foi retomada

Em novembro do ano passado, o vice-presidente da companhia responsável pela cadeia de fornecimento no país, José Negrete, informou que a empresa já havia retomado o patamar normal de produção do suco Ades no Brasil.

O presidente da subsidiária, Fernando Fernandez, afirmou na ocasião que a Unilever teve alta de 13% em sua receita no país nos nove primeiros meses de 2013, e uma expansão de 6,5% em volume.

Em 2012, a companhia cresceu 12,4% e teve faturamento de R$ 13,6 bilhões no Brasil.

Fonte:BOL

 

Compartilhar: