Regiões de Saúde serão beneficiadas com Centros de Diagnóstico em Oncologia

Com o Termo de Compromisso firmado os municípios garantem os prédios onde vão funcionar os Centros de Diagnóstico em Oncologia

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Rede de Atenção às Doenças Crônicas do Rio Grande do Norte ganha mais um reforço na ampliação do diagnóstico do câncer de colo de útero e de mama. Na tarde da última quinta-feira (27) foi assinado um Termo de Compromisso que garante aos municípios de Assu, João Câmara, Santo Antônio e São Paulo do Potengi os serviços de quatro Centros de Diagnóstico em Oncologia. O documento foi assinado pelo Secretário de Estado da Saúde Pública, Luiz Roberto Fonseca e os prefeitos e secretários de saúde dos respectivos municípios, com a presença de representantes do RN Sustentável no âmbito da saúde.

Para o secretário Luiz Roberto Fonseca, “a assinatura desse Termo de Compromisso representa um marco para assistência a saúde no RN. Esses centros vão beneficiar não apenas os municípios sede, mas todos os munícipes da 1ª, 3ª, 6ª e 8ª Regiões de Saúde, possibilitando à população ter mais acesso a exames de média e alta complexidade e assim ampliar a possibilidade de cura. Quando o câncer é detectado em seu estágio inicial, a possibilidade de cura é de mais de 90%, por isso a necessidade periódica de exames para que seja possível esse diagnóstico. Com esses centros poderemos proporcionar mais qualidade de vida à população que não precisará mais se deslocar à capital para realizar os exames”, pontua.

Com o Termo de Compromisso firmado os municípios garantem os prédios onde vão funcionar os Centros de Diagnóstico em Oncologia. Cabe à Sesap, através do projeto RN Sustentável, adequar as estrutura físicas disponíveis às instalações necessárias para cada centro, fornecer equipamentos como mamógrafo digital, aparelhos para ultrassonografia, raio-X e para realizar a colposcopia, além de capacitar a equipe de profissionais que irá atuar em cada município.

Segundo Ana Petta, coordenadora do RN Sustentável no âmbito da Sesap, a previsão é que até novembro deste ano todo o processo de equipagem dos centros e treinamento dos profissionais seja concluído. “É um grande avanço que estamos podendo alcançar com o projeto RN Sustentável, pois estamos conseguindo preencher grandes vazios assistenciais que existiam há muito tempo e assim fortalecer a atenção a saúde pública em todo o estado”.

O RN Sustentável é um projeto multisetorial que tem como meta contribuir, por um período de cinco anos, com as mudanças no cenário socioeconômico do Rio Grande do Norte. Através da implementação de ações articuladas destinadas a reverter o baixo dinamismo do estado, com foco na redução das desigualdades regionais. Além disso apoia ações de modernização da gestão pública para prestação de serviços de forma mais eficaz e eficiente, visando à melhoria da qualidade de vida da população potiguar. O RN Sustentável está sendo realizado através de acordo com o Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Banco Mundial) e entra agora na fase de liberação dos investimentos e de implantação nos territórios.

Compartilhar: