Registros médicos de Hitler confirmam que o ditador usava cocaína

O Führer também recebeu injeções com extratos de glândulas de testículos de jovens touros para aumentar o desempenho sexual

Registros médicos de Adolf Hitler recentemente encontrados revelaram que o líder nazista fez uso de, pelo menos, 80 coquetéis de drogas em busca do ideal do “super-homem nazi”. Os medicamentos deveriam minimizar as fraquezas físicas e psíquicas e elevar suas virtudes, de acordo com o médico pessoal de Hitler, Theodore Morell.

regregerg

Ele elaborou um complexo coquetel, para ser tomado diariamente, que era composto por vitaminas, proteínas, sêmen de touro, veneno de rato e óleo usado em limpeza de armas. A bebida era tão tóxica que médicos assistentes chegaram a advertir Hitler que Morell (seu médico pessoal por nove anos) estava tentando envenená-lo. Contudo, Hitler confiava absolutamente em seu médico e decidiu despedir os assistentes.

Ente outros documentos e cartas encontrados, há relatos de que Hitler usou cocaína para diminuir dores no peito e recebeu injeções com extratos de glândulas de testículos de jovens touros para aumentar o seu desempenho sexual.

tgtrytryewryew

 

Fonte: History Channel

 

 

Compartilhar: