Renato Gaúcho diz que convocaria Fred e Hernane: “problema é do Felipão”

Treinador do Fluminense diz que atacantes estariam na Amarelinha caso fosse o comandante da Seleção

Questionado sobre a presença dos artilheiros na Seleção, Renato cutucou ao dizer que se ganhasse tanto quanto Felipão, informaria seus escolhidos. Foto: Divulgação
Questionado sobre a presença dos artilheiros na Seleção, Renato cutucou ao dizer que se ganhasse tanto quanto Felipão, informaria seus escolhidos. Foto: Divulgação

Renato Gaúcho nunca teve papas na língua. Sempre com declarações polêmicas, a última dizendo que jogou mais que Cristiano Ronaldo, eleito o melhor do mundo, o atual treinador do Fluminense afirmou que, caso fosse o comandante da seleção brasileira, convocaria os atacantes Hernane, do Flamengo, e Fred, do Tricolor carioca, para a Amarelinha.

Questionado sobre a presença dos artilheiros na Seleção, Renato cutucou ao dizer que se ganhasse tanto quanto Felipão, informaria seus escolhidos.

“Eu queria primeiro ganhar o salário do Felipão aí eu ia falar para vocês (imprensa) quem eu iria convocar. Mas futebol é momento. Eles vêm fazendo gols, vêm se destacando. Mas o problema é do Felipão. Se eu fosse treinador de Seleção eu compraria o bagulho com Hernane e Fred, mas deixa ele com essa pulga atrás da orelha”, declarou.

‘Cavando’ as vagas para os atletas no amistoso contra a África do Sul, no dia 5 de março, em Joanesburgo, no Soccercity, o treinador do Fluminense afirmou que os atacantes têm de continuar a terem boas atuações para que Felipão os observe.

“Hoje, como treinador, eu vejo que, independente da posição, eles têm que correr atrás, porque sempre pode acontecer uma surpresa. Pode ter certeza que se eles aparecerem, os treinadores estarão de olho”, concluiu.

Hernane é um dos artilheiros do Campeonato Brasileiro com quatro gols. O atacante estará em campo no próximo sábado, às 19h30, no Maracanã, justamente contra o time de Renato. Já Fred, titular do Tricolor carioca, sentiu dores na coxa e foi vetado para o Fla-Flu.

Compartilhar:
    Publicidade