Repetição do erro – Danilo Sá

Os dias de caos são inesquecíveis para quem conseguiu sobreviver a loucura imposta pela Prefeitura na Avenida Roberto Freire. Foram…

Os dias de caos são inesquecíveis para quem conseguiu sobreviver a loucura imposta pela Prefeitura na Avenida Roberto Freire. Foram meses de uma via completamente obstruída, com trânsito diabólico. Dezenas de árvores centenárias foram cortadas pelo pé e vários estabelecimentos comerciais foram fatalmente prejudicados, extinguindo empregos, renda e jogando o desenvolvimento econômico da região para o espaço.

Hoje, mais de seis anos depois de concluída a obra, sem ter estacionamento na via, muitas lojas estão fechadas. O trânsito, ao contrário do esperado na época, não teve nenhuma grande melhora. Ao contrário, ficou praticamente enlouquecedor atravessar a Bernardo Vieira de carro, devido a grande quantidade de sinais e ao pouco espaço na pista. Para os ônibus, a diferença é até difícil de ser sentida pelos passageiros, por motivos semelhantes.

Mas, apesar de tantos efeitos negativos do projeto bancado pelo prefeito Carlos Eduardo Alves durante sua primeira passagem pelo Palácio Felipe Camarão, a ideia continua presente na cabeça do gestor. Saiu na Tribuna do Norte, há dois dias. A Prefeitura estuda a possibilidade de repetir o, erro, que foi feito na Bernardo Vieira nas demais principais avenidas de Natal.

É a primeira vez que se tem notícias de um prefeito que anuncia repetir um erro cometido por ele próprio anteriormente. Ora, é quase uma unanimidade que a Bernardo Vieira precisa passar por readequações, embora ninguém tenha tido coragem de pensar em uma solução até agora. Então, porque copiar o que já nasceu mal feito?

Antes de optar por intervenções grosseiras como as que foram feitas no local, Natal poderia, primeiro, organizar o fluxo de veículos, estabelecer vias de mão única, como foi feito pelo próprio Carlos Eduardo na Amintas Barros. Proibir estacionamentos em locais estratégicos, onde o trânsito se acumula e estabelecer a onda verde nos sinais. Ações simples que não são feitas por falta de vontade, e bem mais baratas do que o equívoco histórico feito na Bernardo Vieira.

RESPOSTA

A coluna recebeu e-mail da Secretaria de Serviços Urbanos, explicando alguns problemas relatados neste espaço recentemente. “Em relação às notas a respeito do apagão ocorrido na BR-101, no trecho que compreende o Arena das Dunas até às proximidades do Natal Shopping, aconteceu devido ao furto de cabos, entretanto a secretaria ressalta que a manutenção foi feita e a correção do problema foi efetuada na madrugada desta terça-feira”.

ESCLARECIMENTO

“A respeito dos canteiros, infelizmente ainda estamos no aguardo da licitação, e no momento nosso setor de paisagismo está trabalhando com metade de seu contingente de funcionários, o que dificulta as ações de limpeza, contudo, a população pode encaminhar suas demandas ao nosso departamento por meio do telefone 3232-2545”.

SEM SOLUÇÃO

Lamentável que continuem havendo roubos de cabos dos postes de luz da cidade. E o pior, em uma das principais vias do Estado. Mais um trabalho para nossa Polícia, que nos últimos tempos não tem conseguido dar conta nem mesmo do básico. Triste RN.

NA GAVETA

O vereador Sandro Pimentel, dentro de sua atuação como fiscalizador do executivo, fez hoje pela manhã uma diligência na Secretaria Municipal de Administração e Gestão Estratégica para investigar denúncia de que milhares de processos, a maioria relativos à direitos trabalhistas dos servidores do município, encontram-se engavetados. Segundo fontes consultadas pelo mandato, alguns processos já estão há pelo menos dez anos parados na secretaria.

GIRA MUNDO

O Brasil tem uma população de 202.768.562 habitantes, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), publicados nesta quinta-feira (28) no Diário Oficial da União. O Estado mais populoso, São Paulo, tem 44,03 milhões de habitantes. Já no Estado menos populoso, Roraima, vivem 496,9 mil pessoas. O Rio Grande do Norte é o 16º mais populoso, com 3,4 milhões de habitantes.

ESQUECIMENTO

O Passe Livre em Natal deveria estar valendo desde o dia 1º de agosto, 30 dias após sua publicação no Diário Oficial do Município, conforme determina a Lei nº 6.468. Entretanto, quase dois meses depois, o prefeito Carlos Eduardo ainda não tirou do papel a gratuidade no transporte para estudantes da rede municipal. Nesta quarta-feira (27), a vereadora Amanda Gurgel (PSTU) protocolou uma representação junto ao Ministério Público Federal para cobrar a aplicação do Passe Livre.

PIADA PRONTA

Nada mais irônico do que a governadora Rosalba Ciarlini participar da abertura do Congresso de Gestão Público no Rio Grande do Norte. Logo a Rosa, que vem tendo dificuldades de administrar o Estado desde o primeiro mês que subiu a rampa da Governadoria.

FURADA

Ontem foi publicada a primeira pesquisa feita sobre a disputa para deputado federal e estadual. Mas, quase ninguém percebeu que apenas cerca de 400 pessoas emitiram sua opinião sobre este cenário. Pois é, de 1.700 entrevistados, quase 1.300 disseram não saber em quem votar ou não votar em nenhum nome colocado na disputa. Acabou sendo um levantamento totalmente fora da realidade estadual.

VEREADOR-CANTOR

O vereador Luiz Almir não é candidato nas atuais eleições mas está com a agenda cheia. Hoje o parlamentar-seresteiro leva sua música para o Clube Atlântico e, no sábado, estará no Boulevard para participar do evento Chique é ser brega, em comemoração ao aniversário do colunista Chrystian de Saboya.

Compartilhar: