Repórter é condenado por dizer que diretor da Globo foi ator pornô

Ex-repórter da TV Globo, agora da Record, poderá pagar indenização por danos morais foi de R$ 20 mil

Ali Kamel, o número 1 do jornalismo da Globo, conseguiu manter na segunda instância a decisão que condenou o blogueiro Luiz Carlos Azenha, ex-Globo e hoje repórter da Record, a  lhe pagar uma indenização por danos morais.

Azenha foi condenado por ter escrito, em cerca de trinta posts, que o diretor da Central Globo de Jornalismo foi ator pornô durante a juventude. Kamel provou na Justiça que nunca houve um ator chamado Ali Kamel. Mas, sim, um certo Alex Kamel – que, a propósito, não é seu parente – estrela de um certo Solar das Taras Proibidas.

A indenização de 20 000 reais foi decidida por unanimidade pela 8ª Câmara Cível do TJ do Rio de Janeiro. Cabe, porém, recurso ao STJ.

Ali Kamel, diretor responsável da TV Globo. Foto: Divulgação
Ali Kamel, diretor responsável da TV Globo. Foto: Divulgação

 

Fonte: Lauro Jardim / Radar On-line / Veja

Compartilhar: