Repórter empurra criminoso pensando que arma era de brinquedo e é morto

Vítima estava esperando colega a bordo de uma motocicleta

Jovem morreu com um tiro na cabeça. Foto: Divulgação
Jovem morreu com um tiro na cabeça. Foto: Divulgação

Um assalto seguido de morte no município de Teixeira de Freitas, localizado a 900 km de Salvador, foi registrado no final de semana. A vítima foi um repórter fotográfico, identificado como José Ferreira Matos Neto, de 22 anos. Ele era especializado na cobertura de eventos e festas que ocorriam no município.

Segundo informações da polícia local, o crime ocorreu quando o jovem estava parado em uma moto na frente da casa de um colega que iria junto com ele cobrir uma festa.

Suspeitos armados se aproximaram de Neto e apontaram a arma pedindo o veículo. Como o jovem havia pensado que a pistola era de brinquedo, ele empurrou os assaltantes. O criminoso apontou a arma para a cabeça e atirou. A vítima morreu na hora.

A polícia está atrás dos responsáveis pelo o crime.

Fonte: R7

Compartilhar:
    Publicidade