Repórter fotográfico é morto com tiro na cabeça após reagir a um assalto

Jovem faria uma cobertura em uma casa de shows na cidade. Ao pensar que o assaltante portava uma arma de brinquedo, o jovem reagiu

RTEmagicC_ae61a0e056.jpg

Um repórter fotográfico foi morto durante um assalto na noite deste sábado (7) em Teixeira de Freitas, no extremo Sul da Bahia. José Ferreira Matos Neto, 22 anos, trabalhava em um site especializado na cobertura de festas e eventos na região. Ele foi atingido na testa e morreu na hora.

Segundo a delegacia do município, os assaltantes renderam o jovem quando ele parou a morto em frente à casa de um amigo. Os dois fariam uma cobertura em uma casa de shows na cidade.

Ao pensar que o assaltante portava uma arma de brinquedo, o jovem reagiu. O assaltante apontou a arma para a cabeça do jovem e disparou, matando-o na hora.

A motocicleta do repórter foi levada pela dupla, mas, segundo a delegacia, foi recuperada neste domingo (8). O corpo do repórter foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Teixeira de Freitas.
A mãe do jovem, a pastora Jussara Mato, lamentou a morte do filho em seu perfil em uma rede social. “Luto. Perdemos nosso filho José Neto Netinho, em um assalto deo (sic) um tiro na cabeça dele. A nós que ficamos resta só uma dor que não passa orem por nós. Deus os abençoe”, escreveu.

O portal Vc Agita, no qual trabalhava o repórter fotográfico, publicou uma imagem onde se lê a palavra ‘Luto’ e saiu do ar. Ainda de acordo com a delegacia do município, a polícia realiza buscas para localizar os dois assaltantes.

 

Fonte: Correio 24h

Compartilhar:
    Publicidade