Rivaldo detona Galvão Bueno: “não preciso do seu reconhecimento”

Entre os ídolos citados por Galvão Bueno estavam Pelé, Garrincha, Nílton Santos, Zagallo, Rivellino, Jairzinho, Ronaldo, Romário, Júnior, Falcão e Sócrates

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Um dos pilares do Brasil na conquista da Copa do Mundo de 2002, o meio-campista Rivaldo desabafou contra Galvão Bueno na noite deste sábado. Por meio do seu Instagram, o pentacampeão mostrou-se incomodado com o narrador global, que comandou o jogo Brasil x Holanda em Brasília (DF) pela decisão do terceiro lugar do Mundial de 2014 – vencido por 3 a 0 pelos europeus -, e disse: “nunca puxei o saco de ninguém da mídia”.

“Não preciso do seu reconhecimento, Galvão Bueno. O povo brasileiro e o mundo sabem da minha importância para a história da Seleção Brasileira e do futebol mundial. Nunca precisei puxar saco de ninguém da mídia. Fiz meu papel e muito bem feito. E você Galvão sabe muito bem o porquê estou falando isso. #desabafo”, postou o jogador na rede social, acompanhado de uma foto sua com a camisa do Brasil em 2002.

Logo após a nova acachapante derrota sofrida pela Seleção Brasileira, Galvão Bueno mostrou revolta e fez um desabafo contra a atual Seleção Brasileira pela campanha realizada. Na sua fala, citou 15 ex-jogadores nacionais, entre eles nomes que não ganharam títulos com a camisa brasileira, mas esqueceu-se de Rivaldo – daí, provavelmente, a revolta do ex-jogador.

Entre os ídolos citados por Galvão Bueno estavam Pelé, Garrincha, Nílton Santos, Zagallo, Rivellino, Jairzinho, Ronaldo, Romário, Júnior, Falcão e Sócrates. Em 2002, Rivaldo, ao lado de Ronaldo, foi um dos principais nomes da conquista do pentacampeonato, tendo feito cinco gols e participado ativamente dos dois marcados por Ronaldo na final contra a Alemanha.

Fonte: Terra

Compartilhar: