RN ficou no quase

Foi por pouco. Na verdade, por minutos. Após quase três dias do julgamento, o Tribunal Regional Eleitoral tinha conseguido, enfim,…

Foi por pouco. Na verdade, por minutos. Após quase três dias do julgamento, o Tribunal Regional Eleitoral tinha conseguido, enfim, publicar o acórdão com o afastamento da governadora Rosalba Ciarlini (DEM). Mas, a alegria dos correligionários do vice-governador Robinson Faria e dos contrários a gestão democrata durou pouco. Cerca de 1 hora depois, o Tribunal Superior Eleitoral decidia manter a gestora no cargo.

Com uma análise fria, a continuidade de Rosalba na função foi de longe a decisão mais acertada. E isso não tem nenhuma relação com política. A saída da chefe do Executivo a esta altura do campeonato colocava o destino do Rio Grande do Norte sob risco. O perigo da insegurança administrativa poderia assustar investidores, atrasar obras e prejudicar, ainda mais, um povo tão sofrido com as intempéries da seca dos últimos tempos.

Até porque, certamente, a governadoria não desistiria fácil de tentar continuar no cargo. Caso perdesse a batalha pelo mandado de segurança em Brasília, daria início a um processo interminável, uma batalha de recursos onde estaria em jogo a vida dos potiguares. Nesse caso, a justiça precisa mesmo se definir pelo mais seguro para a população, deixando de lado as questiúnculas políticas que, com certeza, também influenciaram em todo o debate jurídico.

O fato é que, de agora em diante, Rosalba não deverá mais ter paz entre os juízes. Considerada inelegível, a poucos meses do novo pleito, precisará deixar de lado o desgaste enfrentado por sua administração para se viabilizar, primeiro, legalmente. Isso se uma nova tentativa de tirá-la do cargo não aparecer em um futuro próximo. Será difícil conciliar a recuperação popular com as discussões no Tribunal.

 

RISCO NA ASSEMBLEIA
Fonte jurídica com livre circulação junto ao alto escalão do governo confidenciou a este colunista que é crescente o risco de afastamento da governadora Rosalba Ciarlini. Mas, por meio de processo de impeachment na Assembleia Legislativa. A análise é que a postura adotada pelo TRE, com base na Lei da Ficha Limpa, era o que faltava para motivar os deputados estaduais.

PAUTA DOS DEPUTADOS
Com o argumento utilizado pelos juízes, de que alguém considerado inelegível não pode exercer cargos públicos, os parlamentares têm o fato nas mãos que muitos deles já procuravam desde o início do ano. Agora é saber se terão coragem de, no último ano de gestão, afastar a governadora.A ação, imprevisível, mudaria por completo o cenário político e administrativo, colocando o RN sob risco.

DIFICULDADES
Em tempo: alguns aliados de primeira hora de Rosalba, e que permanecem no governo até hoje, já começama jogar a toalha. O entendimento é que, se já era difícil se recuperar diante da opinião pública pelo desgaste do governo, mais complicado ainda será se livrar da Justiça a tempo de garantir sua tentativa de reeleição em 2014. O jogo está se desenhando sem a presença da Rosa.

RECONHECIMENTO
O presidente da Câmara Municipal, Albert Dickson (Pros), e os vereadores Júlia Arruda (PSB) e Júlio Protásio (PSB) receberam na manhã de hoje, durante solenidade realizada em Recife (PE), prêmio entregue pelo Instituto Tiradentes. O órgão elegeu o trio, nesta ordem, como os melhores parlamentares natalenses na temporada que vai chegando ao fim. O colunista envia os parabéns para os três.

DESCASO
Leitor da coluna informa que encontrou um conhecido, dentro do ônibus nas proximidades do Campus Universitário. O homem estava com a filha doente, quase 40º de febre, a caminho do pronto-socorro Sandra Celeste. Ao ser questionado porque precisaria se dirigir para local tão distante, se surpreendeu com a resposta. O cidadão informou que não havia médico nem medicação no posto de Nova Descoberta.

REVOLTA
A indignação foi unânime entre todos que escutaram a resposta do pai. Principalmente por se saber que a Prefeitura está gastando alguns milhões para realizar uma festa natalina, quando setores básicos da administração estão sendo esquecidos. Apesar de tantos protestos, padrão Fifa mesmo continua sendo só o estádio de futebol. Lamentável.

LUTO
Diante de tantos fatos políticos, este colunista preferiu deixar para amanhã texto sobre o crime brutal de Macaíba, onde uma criança de 10 anos acabou morta após ser utilizada como escudo humano por bandidos/animais. Talvez, diante da repercussão e da comoção popular, a Polícia consiga prender os responsáveis pelo assassinato. Mas, certamente não haverá pena capaz de amenizar a brutalidade da atitude desses marginais.

SEM ÁGUA
O deputado Tomba Farias cobrou do governo do Estado alguma atitude quanto a seca que atinge a região do Trairi, em especial a sua cidade Santa Cruz. O parlamentar diz que o município jamais passou por situação parecida, tamanha a crise causada escassez de água. Tomba pede empenho da Caern para amenizar o problema.

GIRA MUNDO

A Federação Alemã de Futebol (DFB) construirá seu próprio alojamento para a Copa do Mundo de 2014, segundo informações publicadas no jornal Bild em sua edição desta sexta-feira (13). De acordo com o jornal, os responsáveis da seleção alemã não estavam satisfeitos com nenhum dos hotéis próximos às sedes onde terão que jogar, por isso que optaram pelo projeto de construir, na cidade de Santo André, na Bahia, um complexo de 13 casa para os jogadores e o corpo técnico. A notícia está no portal Uol. Agora, imagine se a Alemanha viesse jogar em Natal.

Compartilhar: