Roberto Jefferson diz ter ‘expectativa zero’ de cumprir pena em casa

O ex-deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ), delator do mensalão, chegou por volta das 8h no Hospital do Câncer, no bairro do…

Delator não crê em sucesso no pedido para cumprir pena em prisão domiciliar. Foto:Divulgação
Delator não crê em sucesso no pedido para cumprir pena em prisão domiciliar. Foto:Divulgação

O ex-deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ), delator do mensalão, chegou por volta das 8h no Hospital do Câncer, no bairro do Santo Cristo, zona portuária do Rio de Janeiro, para fazer a perícia médica que vai definir se ele deve cumprir a pena de sete anos em casa. O procedimento foi determinado pelo presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Joaquim Barbosa.

Quando indagado sobre as expectativas quanto à possibilidade de conseguir o direito à prisão domiciliar, Jefferson disse apenas “zero”. O advogado do ex-parlamentar, Marcos Pedreira Pinheiro de Lemos, afirmou que atenderia a imprensa após a perícia.

Renúncia

Ontem o petista José Genoino foi o quinto deputado federal ligado ao caso do mensalão que renunciou para evitar a cassação do seu mandato. Além dele, também optaram por essa saída, em 2005, Bispo Rodrigues (do extinto PL, atual PR, do RJ), José Borba (PMDB-PR), Paulo Rocha (PT-PA) e Valdemar Costa Neto (PR-SP).

Com exceção de Rocha, todos acabaram condenados pelo STF (Supremo Tribunal Federal).

Fonte:UOL

Compartilhar: