Robinho brilha, faz gol e Santos passa por Londrina na Copa do Brasil

Camisa 7 foi o grande destaque da vitória do Peixe por 2 a 0 sobre o Londrina. Atacante fez o seu e deu assistência para gol de Rildo. Equipe está nas oitavas de final

Robinho comemora seu gol no jogo contra o Londrina. Foto: Divulgação
Robinho comemora seu gol no jogo contra o Londrina. Foto: Divulgação

Quatro dias depois de fazer a reestreia pelo Santos, em duelo que terminou com vitória do rival Corinthians, Robinho voltou à Vila Belmiro. Mais uma vez em casa, mais uma vez como o protagonista. Mas, desta vez, fez a diferença e devolveu ao torcedor santista a esperança de futebol-arte, perdido com a saída de Neymar em 2013. Nesta quinta-feira, o camisa 7 fez um golaço e deu uma assistência na vitória por 2 a 0 sobre o Londrina, pela terceira fase da Copa do Brasil.

Com a necessidade da vitória, já que os paranaenses haviam vencido por 2 a 1 em Londrina (PR), há duas semanas, Oswaldo de Oliveira manteve o quarteto ofensivo que havia atuado no clássico do fim de semana, com Lucas Lima, Robinho, Thiago Ribeiro e Leandro Damião.

Os três primeiro se movimentavam, mas o camisa 9, fixo, era novamente quase um ponto nulo do ataque alvinegro. Logo no início, Lucas Lima apareceu pela direita e cruzou rasteiro. Damião tentou completar de letra, mas a bola passou perto da trave. Esta foi a única grande chance do centroavante.

No primeiro tempo, a principal chance foi do Londrina, que apostava nos contra-ataques. Em uma falha de Jubal, que saiu jogando errado, o atacante Paulinho avançou até a área e bateu colocado, perto do gol de Aranha.

Robinho fazia de tudo para ser o protagonista e dar a vaga para o Peixe. Em uma tabela do camisa 7 com Mena, Thiago Ribeiro tentou de cabeça. Depois, em triangulação de Thiago Ribeiro, Mena e Robinho, o camisa 11 arriscou um chute, para fora.

No início do segundo tempo, ao invés de o Santos massacrar, era o Londrina que mantinha sua estratégia eficiente. Mais uma vez, Paulinho apareceu com destaque. O camisa 11 paranaense apareceu pela direita e bateu cruzado. Por pouco, não abriu o placar.

Rei das Pedaladas começa a brilhar

Aos 6 minutos, um lance polêmico. A bola bateu na mão de Cicinho, na área santista, e toda a equipe do Londrina pediu pênalti. O árbitro Wagner dos Santos Rosa mandou seguir. Um minuto depois, aos 7, o Rei das Pedaladas mostrou quem manda na Vila Belmiro. Em jogada pela lateral, Leandro Damião ajeitou com o peito e o camisa 7 puxou para o meio e bateu no ângulo: 1 a 0. Golaço no que foi o primeiro do atacante após voltar para casa.

Dois minutos depois, Robinho puxou contra-ataque pela esquerda e cruzou na área. A bola passou por todo mundo e Damião, que não conseguiu dominar direito, arriscou uma puxeta/bicicleta que pegou na trave. Já seria demais. Mas ficou provado o quanto Robinho faz a diferença.

Em nova jogada de contra-ataque, Lucas Lima apareceu pela esquerda, entrou na área e cruzou para o meio. Thiago Ribeiro, livre, furou de forma bisonha e desperdiçou a chance de ampliar.

Se parecia que o time da casa ia desencantar e golear o rival, tudo começou a mudar a poucos minutos do fim. O Londrina criou chances com Joel, que chegou a fazer um gol anulado, após impedimento ser assinalado. Outras chances foram criadas pelos paranaenses, dando a impressão que a surpresa poderia ocorrer.

Aos 40 minutos, Robinho avançou pela área e, de esquerda, bateu cruzando e acertou a trave de Vitor. A bola voltou para Thiago Ribeiro, ele e o gol, e o camisa 11 conseguiu perder outro gol incrível. Seria mais absurdo, se não tivesse feito a diferença para o objetivo final. E se não houvesse Robinho.

Aos 43, o Rei das Pedaladas puxou novo contra-ataque. Fez malabarismo com a bola na área e rolou para Rildo, que bateu no canto e fechou o placar: 2 a 0 e Peixe classificado para as oitavas de final.

O Peixe aguarda a definição de seu rival nas oitavas de final no sorteio a ser realizado na próxima segunda-feira, na sede da CBF, no Rio de Janeiro. Pelo Brasileirão, a equipe jogará no próximo domingo, contra o líder Cruzeiro, às 16h, no Mineirão.

FICHA TÉCNICA

SANTOS 2 x 0 LONDRINA

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data/Hora: 14 de agosto de 2014, às 19h30
Árbitro: Wagner dos Santos Rosa (RJ)
Assistentes:Wendel de Paiva Gouveia e Michael Corrêa (ambos do RJ)
Público e Renda:4.499 torcedores/R$136.670,00
Gols: Robinho (7’/2ºT) e Rildo (43’/2ºT)
Cartões Amarelos: Paulinho, Bídia, Diogo Roque e Dirceu (Londrina); Thiago Ribeiro, Lucas Lima e Rildo (Santos)

SANTOS: Aranha, Cicinho, David Braz, Jubal (Edu Dracena, 6’/2ºT) e Mena; Alison, Arouca (Alan Santos 44’/2ºT) e Lucas Lima; Thiago Ribeiro, Robinho e Leandro Damião (Rildo 36’/2ºT). Técnico: Oswaldo de Oliveira.

LONDRINA: Vitor, Lucas Ramon, Dirceu, Silvio e Allan Vieira; Diogo Roque, Bidia (Madson 33’/2ºT), Léo Maringá (Rone Dias 16’/2ºT) e Celsinho (Davi Ceará 37’/2ºT); Paulinho e Joel. Técnico: Cláudio Tencatti.

Fonte: Lancenet

Compartilhar: