Robinho é condenado na Justiça a pagar multa milionária

Jogador do Milan vive má fase no futebol e na vida financeira

Robinho ficou fora da última convocação de Felipão, o que praticamente acaba com suas chances de jogar a Copa. Foto:Divulgação
Robinho ficou fora da última convocação de Felipão, o que praticamente acaba com suas chances de jogar a Copa. Foto:Divulgação

O atacante Robinho, do Milan, recebeu uma péssima notícia nesta terça-feira (11). De acordo com a colunista Sonia Racy, do jornal “O Estado de São Paulo”, o jogador foi condenado a pagar pelo Tribunal de Justiça de São Paulo a pagar uma multa de R$ 1,1 milhão a seu ex-agente financeiro, por ter rescindido “injustificadamente” o contrato entre eles, em 2009.

Marisa Alija, advogada de Robinho, porém, disse que vai pedir o embargo de declaração para esclarecer pontos da sentença, além de solicitar a intervenção do CNJ (Conselho Nacional de Justiça). Ela alega que o juiz Christopher Roisin teria excluído testemunhas do jogador da sentença e modificado o conteúdo de uma delas.

Robinho afirma que houve “quebra de confiança” e “má fé” de seu ex-agente.

Em campo, a fase do atleta também não é das melhores: na atual temporada, por exemplo, ele marcou apenas cinco gols em 26 jogos pelo time italiano. Na seleção, ele também ficou fora da última convocação do técnico Luiz Felipe Scolari antes da Copa do Mundo, o que diminui consideravelmente as chances de ele ir ao Mundial no Brasil.

Compartilhar: