Ronaldo critica grupo que fez manifestação na frente da sua agência

O Fenômeno gastou o português no Facebook para pedir calma e consciência aos manifestantes

ae83ff70-edd5-11e3-b5b8-bd13000cc7c6_Ronaldo

Depois que um grupo de manifestantes parou na frente da agência de Ronaldo, a 9ine WPP, o ex-jogador resolveu se pronunciar em seu Facebook. Com um vídeo e um texto consideravelmente grande, o “Fenômeno” desabafou e falou sobre sua insatisfação com a situação no país antes da Copa do Mundo.

Julgado pelo discurso de que “deviam baixar o cacete nos vândalos das manifestações”, Ronaldo tem sido alvo de duras críticas nas redes sociais. No entanto, ele não esperava que esse descontentamento fosse levado até o seu local de trabalho.

“Levei na esportiva a baderna que alguns manifestantes do coletivo “Juntos!” fizeram hoje na porta da 9ine WPP. Porque não é possível que alguém esteja realmente levando isso a sério, é? Acho lamentável o tempo e a energia desperdiçados. Não é aqui, onde há vários funcionários trabalhando, nem de mim, que vocês devem cobrar nada. Eu não sou político, sou cidadão comum! Minha honestidade não é vulnerável, nem está à venda. E estou tão insatisfeito quanto vocês!

Quando falei em “baixar o cacete”, deixei bem claro que me referia aos VÂNDALOS, que se aproveitam da boa intenção das manifestações pacíficas para saquear estabelecimentos e depredar patrimônio público. Alguém em sã consciência apoia esse tipo de comportamento?

Estamos às vésperas de sediar o maior evento midiático do planeta, com 32 bilhões de espectadores em audiência acumulada no total de jogos. A Copa do Mundo, para mim e para tantos, sempre foi um sonho. Infelizmente, não pude desfrutar do prazer de jogá-la em casa, mas nunca imaginei que trabalhar voluntariamente para recebê-la aqui pudesse me render tantos desafetos”, comentou Ronaldo, em seu perfil no Facebook.

 

Fonte: Yahoo

Compartilhar: