Ronny Markes comemora “sonho realizado” e data especial no UFC de Natal

Ronny terá o apoio de sua cidade natal para tentar voltar a vencer

trhtrhwaaaa

Há três anos, o UFC desembarcava de vez no Brasil, com eventos no Rio de Janeiro e São Paulo. A partir de 2013, a região sul passou a ser representada por Jaraguá do Sul, palco de duas edições, e agora é a vez do nordeste receber o segundo show da franquia, dessa vez em Natal, no Rio Grande do Norte. Ronny Markes é, ao lado de Jussier Formiga, um dos dois atletas da Nova União nascidos na cidade que terão, no dia 23 de março, no UFC Fight Night 38, a chance de lutar diante da família e dos amigos de infância pela franquia. Seu adversário será o compatriota Thiago Marreta, no peso médio, e não faltam motivações para uma grande exibição.

A última vez que Ronny atuou em Natal foi em 2009, pelo Natal Fight Championship 2, e pelo UFC sua única apresentação no Brasil aconteceu em janeiro de 2013, em São Paulo, quando venceu Andrew Craig na decisão unânime dos árbitros. Em junho do ano passado, o lutador faria mais um duelo no país, em Fortaleza, mas um acidente de carro o tirou do evento, e em novembro uma derrota para Yoel Romero quebrou sua sequência de sete vitórias, sendo três dentro do octógono.

“Nada será igual a lutar pelo UFC em Natal, vai ser uma sensação diferente de tudo que passei na minha carreira. Não vejo a hora de subir naquele octógono. Quando soube que no UFC viria ao Brasil, em 2011, comentei com Barão e Formiga como seria legal se a gente tivesse uma oportunidade de lutar em casa e agora meu sonho está sendo realizado. O incentivo da minha torcida vai ser uma gasolina a mais na luta”, destaca.

Depois de estrear entre os meio-pesados, Ronny desceu para os médios, categoria na qual pode se sobressair pela altura e envergadura de quase dois metros, próximo à de muitos pesos pesados. Em seu camp para o combate, o lutador teve a ajuda do ex-campeão pesado do UFC Junior Cigano, que tem treinado na Nova União e o auxiliou nas atividades.

“O Cigano é forte demais, mas com velocidade de cara leve e isso foi importante demais para eu ganhar explosão. Além dele, também tive a ajuda do Bodão, que tem um jogo de grade forte. Se o Marreta vier a cair e fazer força, não vou sentir tanto, por treinar com caras tão fortes”, conta.

O potiguar reconhece as habilidades de luta em pé de Thiago Marreta e promete concentração total para anular o adversário e alcançar a quarta vitória no UFC. “Ele se mexe bem, tem uma trocação boa. Ninguém que está no UFC é bobo. Mas estou preocupado comigo e o que vou fazer na hora do combate. Contei com a ajuda de uma galera boa, então estou bem preparado. Agora é fazer o dever de casa, sair na porrada, que é o melhor que sei fazer”, afirma.

Vitória como homenagem e presente à esposa

Além da sua “estreia” em casa, Ronny Markes tem no dia 23 de março outras datas especiais. “Minha esposa (Priscila Markes) completa oito meses de gravidez nessa data, que também é nosso aniversário de casamento”, revela o atleta, que também lamenta uma onda de assassinatos em Natal. “Perdi meu amigo Luiz de França, que foi vítima de uma covardia na cidade e essa vitória também será para ele. Tudo isso vai servir de motivação extra para a luta”.

 

Fonte: Portal do Vale Tudo

Compartilhar:
    Publicidade