Rosalba fora de Época – Danilo Sá

O jornalismo político do Rio Grande do Norte foi sacudido neste final de semana com uma entrevista, das mais sinceras…

O jornalismo político do Rio Grande do Norte foi sacudido neste final de semana com uma entrevista, das mais sinceras possíveis, da governadora Rosalba Ciarlini ao portal da revista Época. Em foco, a disputa interna no partido, que colocou a gestora contra o senador José Agripino Maia, líder nacional do Democratas.

Mais uma vez, Rosalba falou muito. Nitidamente incomodada por criticar seu aliado mais antigo na política e o partido do qual sempre fez parte, a governadora simplesmente disse que a tendência é o DEM sumir com o tempo, diante das decisões tomadas por sua cúpula partidária.

Rosalba está no tradicional “beco sem saída”. Presa ao partido após rejeitar diversos convites de outras legendas, como a própria admitiu na entrevista citada, não pode mais optar por outra agremiação, devido a legislação eleitoral. O jeito seria brigar na convenção estadual por sua candidatura a reeleição, o que aos poucos parece perder força.

Nos últimos dias, ao contrário do esperado, os membros do DEM não têm sido procurados por nenhum emissário rosalbista. Não há a velha busca pelos votos, o que daria maioria ao projeto da Rosa. Simplesmente, há uma aparente desistência de lutar, pelo menos por enquanto.

Aliás, na Época, para quem leu com frieza as palavras da gestora, o clima é mesmo de fim de governo. Resta saber se até o próximo domingo, dia 15, quando ocorrerá a esperada convenção do DEM no RN, a governadora vai partir para o ataque ou se guardará suas armas para o futuro, quando poderá reerguer seu exército em busca de novas vitórias. Longe do Democratas. Talvez, Rosalba só esteja fora de época.

AUSÊNCIA

Por essa ninguém esperava. A solenidade de inauguração do Aeroporto Aluízio Alves, que foi marcada para dias depois do início de sua operação apenas para caber na agenda presidencial, não contou com a presença da presidente Dilma Rousseff. Gripada, ela cancelou a vinda a Natal hoje pela manhã, frustrando os planos de muitos políticos do RN, ávidos por aparecerem como pais da obra. Fica para próxima.

OBRAS PRONTAS

Sem Dilma em São Gonçalo, espaço aberto para o prefeito Carlos Eduardo Alves brilhar sozinho na inauguração do complexo viário de Natal, construído nos últimos sete meses no entorno do Arena das Dunas. A corrida contra o tempo, aparentemente, foi vencida. Agora é esperar para saber quanto tempo os projetos vão durar sem precisar de nenhuma manutenção.

EXAGERO

Por falar no prefeito, chega a ser irônica para não parecer trágica, a decisão do gestor de buscar na Justiça, por antecipação, evitar qualquer greve ou manifestação em Natal durante a Copa. As ações já estão correndo. Já pensou se a moda pega? O Sindsaúde se apressou em comparar o ato com o AI-5, o mais grave da ditadura militar.

SAÚDE

A Pulse Health & Fitness, um novo conceito em academia, inicia hoje a pré-venda com vantagens para os primeiros matriculados. As inscrições deverão ser feitas no empreendimento que fica localizado na Rua Aloísio Bezerra, 116, em Lagoa Nova, entre o Supermercado Nordestão da Avenida Salgado Filho e a Concessionária Suzuki, de segunda-feira a sexta-feira das 10h às 19h e nos sábados das 8h às 14h.

ESPAÇO DO LEITOR

Do leitor Teônio Vieira a coluna recebeu o seguinte email. “Nos dias de hoje, o interesse financeiro assumiu tal predominância que até os valores essenciais a uma sociedade democrática ajustada aos preceitos morais, passaram a ser desprezíveis e o respeito ao outro como ser humano, completamente ignorado. Em pleno período de aplicação da vacina contra gripe para imunização de idosos e outros grupos abrangentes, depois de percorrer outros postos de vacinação, no Posto de Saúde de Neópolis, testemunhei uma cena deplorável: uma senhora apresentado muita fragilidade física foi içada por duas pessoas até o topo da rampa que dá acesso a sala de vacinação, quando um grevista anunciou que a enfermeira já teria ido embora. Contestado sobre o contrassenso de não ter um plantão para atender casos especiais, o grevista, cheio de razão, rebateu: ‘já atendemos quarenta pessoas, está encerrado, agora só amanhã’. A ocorrência me revoltou e gerou uma forte discussão. Esse é o Brasil que me envergonha de ser brasileiro, o país do faz de conta, onde o desrespeito se generaliza e nivela tudo e a todos por baixo. Reconheço o direito de greve por justas causas, entretanto, quando o movimento grevista faz da população vítimas de paralisações de serviços essenciais, sem levar em consideração possíveis exceções no comportamento grevista, fica evidente o autoritarismo desrespeitando o cidadão indefeso que paga os impostos e remunera os salários dos grevistas. Essa gente já não respeita nem mesmo as decisões judiciais. Chega de absurdos! Quem fiscaliza quem? Com a palavra os órgãos competentes, inclusive a Promotoria Pública”.

GIRA MUNDO

A seleção argentina chegará na noite desta segunda-feira a Belo Horizonte com a intenção de aumentar a rivalidade histórica com o Brasil, graças a uma operação de “sedução” para aproximar os simpatizantes locais. “Jogaremos o Mundial ‘no pátio de trás da nossa casa’, algo que nos faz nos sentirmos locais”, afirmou o técnico Alejandro Sabella em entrevista à Agência Efe. “O fato de dizer que é ‘o pátio de trás da nossa casa’ é porque é um eterno rival e o maior vencedor de Copas do Mundo, o pentacampeão e vamos ser mais visitantes do que nunca. Então sentir que estamos perto e somos um pouco locais, é aparente.”

Compartilhar:
    Publicidade