Rússia quer proibir vários filmes estrangeiros que ‘demonizam’ o país

Enquanto isso, o ministério da cultura recomenda 'Titanic' e 'Apocalipse Now' para o povo russo

titaniccaprio-size-598

titanic1

A Rússia anunciou nesta terça-feira uma medida concreta para banir os filmes estrangeiros que “demonizam” o país, de acordo com informações do site da revista The Hollywood Reporter. Decreto assinado pelo membro do comitê da cultura russa, Batu Khasikov, afirma que muitos filmes estrangeiros mostram o país de uma maneira “primitiva e boba” e que esses longas deveriam ser banido dos cinemas nacionais. “Filmes nos quais os russos são retratados como uma ameaça à humanidade não merecem ser exibidos”, disse Khasikov à agência de notícias russa Interfax, sem mencionar nenhum título específico.

A medida surge no momento em que a retórica russa anti-Ocidente se encontra no seu ponto mais alto em mais de 25 anos. O quadro aumenta a possibilidade de a lei ser promulgada.

Ao mesmo tempo, o ministério da cultura da Rússia divulgou uma lista de 100 filmes estrangeiros que são recomendados para assistir. Entre eles, estão títulos como Titanic (1997),O Último Imperador (1987), Cabaret (1972) e Apocalipse Now (1979).

Compartilhar:
    Publicidade