Santos confirma novo atraso em pagamento de Leandro Damião

A compra de Damião ainda tem uma última parcela, mas agendada, somente, para 15 de novembro, no mesmo valor, com o acréscimo de 1 milhão de euros do próprio Santos

O Santos admitiu que também atrasou a terceira parcela da compra do centroavante Leandro Damião junto ao Internacional. O valor de cerca de 3 milhões de euros (cerca de R$ 9,2 milhões) deveria ter sido pago na última quarta-feira, dia 30, mas, assim como com Lucas Lima, só será quitado na próxima semana. O clube informou por sua assessoria que o Grupo Doyen, responsável por financiar a transação, já avisou ao Inter.

Damião foi a contratação mais cara da história do clube, por 13 milhões de euros (aproximadamente R$ 42 milhões), mas ainda não emplacou. Fez só cinco gols em 15 jogos e tem sido bastante contestado, principalmente após o desempenho ruim nas finais do Campeonato Paulista. O Santos acabou perdendo o título para o Ituano.

O atraso no pagamento de Damião já era previsto. O Doyen também não pagou o clube gaúcho pelo meia Lucas Lima e recebeu notificação extrajudicial do Internacional.

A compra de Damião ainda tem uma última parcela, mas agendada, somente, para 15 de novembro, no mesmo valor, com o acréscimo de 1 milhão de euros do próprio Santos (R$ 3 milhões). O atraso não é novo – ocorreu, também, no pagamento da segunda parcela. O camisa 9, consequentemente, só estreou na sexta rodada do Campeonato Paulista.

No caso de Lucas Lima, o Santos informou que o presidente em exercício Odílio Rodrigues, o superintendente de esportes André Zanotta e o consultor jurídico Cristiano Caús já questionaram o CEO da Doyen Sports, Nelio Lucas, que está no Brasil para uma palestra. Segundo o clube, o Doyen telefonou ao presidente do Inter e explicou que o pagamento será realizado nos próximos dias.

Da dupla, Damião deve ser titular na partida deste sábado, contra o Grêmio, às 18h30 (de Brasília), na Vila Belmiro, enquanto Lucas Lima, mais uma vez, ficará na reserva, de acordo com o único treino tático promovido pelo técnico Oswaldo de Oliveira na semana.

Fonte: Terra

Compartilhar: