Orçamento destinado a saúde será de R$ 106 bilhões em 2014

São utilizados critérios populacionais e epidemiológicos

Todos os repasses financeiros realizados pelo Ministério da Saúde levam em consideração fatores como a adesão aos programas federais. Foto: Divulgação
Todos os repasses financeiros realizados pelo Ministério da Saúde levam em consideração fatores como a adesão aos programas federais. Foto: Divulgação

O orçamento destinado ao Ministério da Saúde para o ano de 2014 será de R$ 106 bilhões, um aumento de 5% em relação a 2013. A proposta, aprovada pelo Congresso Nacional ainda no ano passado, foi publicada nesta terça-feira, 21, no Diário Oficial da União.

O Fundo Nacional de Saúde (FNS) é o gestor financeiro, na esfera federal, dos recursos do Sistema Único de Saúde (SUS). Além de atender às despesas do ministério e de seus órgãos e entidades da administração indireta, os recursos geridos pelo FNS são transferidos mensalmente aos estados e municípios para o custeio e investimento na área da saúde.

Todos os repasses financeiros realizados pelo Ministério da Saúde levam em consideração fatores como a adesão aos programas federais. Além disso, são utilizados critérios populacionais e epidemiológicos, considerando as características de doenças transmissíveis ou crônicas existentes em cada região.

Fonte: AE / Uol

Compartilhar:
    Publicidade