‘Se ele for preso, vou visitá-lo todos os dias’, diz Deborah Secco sobre o pai

A atriz também contou que se sente mal por acreditar que o fato de ela ser uma pessoa pública tenha feito com que o caso ficasse maior do que é

y6u3563

Em entrevista ao ‘Extra’, Deborah Secco falou pela primeira vez sobre o escândalo de um esquema de fraude envolvendo seu pai, Ricardo Tindó Ribeiro Secco. Na época a atriz teve seu nome envolvido no processo e foi condenada, ao lado dos irmãos e da mãe a devolver um total de R$ 446.455 aos cofres públicos sob acusação de enriquecimento ilícito e improbidade administrativa.

“Meu pai é um cara incrível, e foi um dos meus grandes exemplos de vida. Não sei em que momento os rumos mudaram para ele, mas eu tento entender e não julgar. Coisas acontecem, a gente se decepciona. É um assunto que me prejudica muito, eu sei. Se pudesse e quisesse expor toda a verdade e fazer disso um episódio verdadeiramente público, a minha imagem melhoraria muito, porque eu de fato não tenho nada a ver com essa história, eu a desconhecia completamente. Mas não quero expor uma pessoa a quem eu devo respeito, a quem eu devo a gratidão por estar viva”, disse Deborah.

A atriz também contou que se sente mal por acreditar que o fato de ela ser uma pessoa pública tenha feito com que o caso ficasse maior do que é, mas revelou que vai apoiar o pai em qualquer situação. “Acho que a justiça tem que ser cumprida. Estou aqui, não tenho nada a esconder. Todos os meus sigilos, bancários e telefônicos, foram quebrados. Minha vida pode ser investigada, estarei sempre à disposição para esclarecimentos. Independentemente do que pensem ou achem, meu pai vai estar sempre acima do bem e do mal para mim no quesito respeito. Devo respeitá-lo e honrá-lo até o fim da minha vida. Se ele for preso, vou estar lá todos os dias que eu puder para visitá-lo”, finalizou.

 

 

Fonte: Yahoo

Compartilhar:
    Publicidade