Segundo a necropsia, Paul Walker morreu por causa das queimaduras e lesões

Foi descartada a hipótese de que o veículo de Walker estivesse participando de um racha no momento do acidente

Exames mostraram que o impacto não foi a causa da morte do ator. Seu corpo foi carbonizado até o óbito. Foto:Divulgação
Exames mostraram que o impacto não foi a causa da morte do ator. Seu corpo foi carbonizado até o óbito. Foto:Divulgação

O ator Paul Walker morreu em decorrência dos ferimentos e das “lesões traumáticas e térmicas” causadas pelo acidente de carro que sofreu no último sábado (30).

Com o impacto da batida em um poste, o Porsche em que ele e o amigo estavam pegou fogo. O site TMZ divulgou na tarde desta quarta (4) o resultado da autópsia.

De acordo com o departamento de polícia de Los Angeles, os exames revelam que o ator não morreu com o impacto do acidente, mas que seu corpo foi carbonizado até o óbito. Já Roger Rodas, que estava ao volante, morreu por causa das várias lesões traumáticas geradas pela batida.

Ainda estão faltando os exames toxicológicos, que serão divulgados em um prazo de oito semanas. O reconhecimento dos corpos se deu pelo registro das arcadas dentárias das duas vítimas.

De acordo com a polícia americana, foi descartada a hipótese de que o veículo de Walker estivesse participando de um racha no momento do acidente.

Atualmente, Walker estava trabalhando no sétimo filme da franquia “Velozes e Furiosos”. O ator também participou dos filmes “Perseguição – A Estrada da Morte”, “No Rastro da Bala” e “Resgate Abaixo de Zero”. Walker deixa a filha Meadow Rain, de 15 anos.

 

 

Fonte:IG

Compartilhar: