Segurança durante Copa do mundo em Natal terá pelo menos 10 mil homens de prontidão

Apenas da PM e das Forças Armadas são quase 7 mil militares que estarão nas ruas

PM---Arena-das-Dunas-JA

Diego Hervani

diegohervani@gmail.com

Faltando 33 dias para o início da Copa do Mundo no Brasil e 34 para o primeiro jogo em Natal (México x Camarões), o Plano de Segurança que será utilizado durante o Mundial na capital potiguar está praticamente finalizado. Alguns órgãos como Polícia Militar e Forças Armadas já definiram o efetivo que estará disponível. Somente nessas duas instituições, 6900 homens trabalharão dedicados exclusivamente para o evento. A este valor, ainda será preciso acrescentar os policiais federais, rodoviários federais e civis. Com isso, a estimativa é que 10 mil homens façam a segurança de Natal no período. Isso sem contar com os vigilantes contratados juntos a empresas privadas pela Fifa.

Na PM serão 2200 policiais em dias de jogos. Nos demais dias esse efetivo será espalhado pela cidade em pontos de concentração de torcedores. “Nos eventos da Fifa Fan Fest, que será na Praia do Meio, disponibilizaremos 200 policiais. Também existe a possibilidade de telões serem montados no ginásio Nélio Dias, na Zona Norte. Se isso acontecer, também iremos disponibilizar mais 200 homens. Mas o efetivo total será de 2200″, explicou o coronel Francisco Araújo, comandante geral da PM do Rio Grande do Norte.

Esse número de militares será composto por pessoas de diversas posições na corporação. “Vamos ter os policiais que trabalham normalmente nas ruas, mas teremos policiais de outros setores. O pessoal do administrativo e operacional também irá ajudar. Eles irão receber para isso. Policiais que trabalham em hospitais, quartéis, rondas, também irão participar”, frisou o coronel, que disse que o trabalho normal nos bairros não será afetado. “O trabalho ostensivo que é feito no dia a dia vai continuar acontecendo. Temos um efetivo de 9050 homens em todo o Estado. Então temos gente suficiente para deixar o Estado seguro durante todo o Mundial”.

A Força Nacional também enviará um reforço para a capital potiguar. “Serão 150 policiais da Força Nacional. Eles serão uma equipe reserva. Caso aconteça algum distúrbio civil, alguma manifestação, eles serão acionados para ajudar o restante do policiamento a conter esse problema”, explicou Araújo.

Francisco Araújo ainda lembra que durante toda a preparação para o Mundial, os policiais passaram por diversos cursos para os mais diversos tipos de situações que possam ocorrer na Copa do Mundo, desde um atendimento simples a um turista até uma possível ameaça de bomba. “Os policiais passaram por várias especializações. Todas as unidades passaram por cursos de acordo com as áreas que elas atuam. Tivemos desde cursos de idiomas e grandes eventos, até um treinamento para o esquadrão antibomba”.

PRF

Durante o Mundial, a Polícia Rodoviária Federal do Rio Grande do Norte (PRF) receberá reforço dos Estados da Paraíba, Maranhão, Paraná, Alagoas e Distrito Federal. “Eu não quero falar em números, pois é uma coisa que guardamos internamente, mas posso dizer que com esse reforço que iremos receber, o efetivo da PRF aqui no Estado irá praticamente dobrar”, destacou o inspetor Djairlon Moura, chefe da Coordenadoria da PRF para a Copa do Mundo. Informações colhidas pelo Jornal de Hoje dão conta de que o reforço que a PRF-RN receberá será em torno de 500 policiais.

Uma das funções da PRF será fazer as escoltas da seleções e autoridades. “Vamos participar das escoltas das delegações e também de possíveis Chefes de Estado que venham de outros países. Vamos analisar quem precisa de escolta e vamos fazer. Lembrando que outros órgãos, como Forças Armadas, Polícia Militar e Polícia Federal”, explicou o inspetor.

O deslocamento de torcedores dos países que irão atuar em Natal também é motivo de preocupação da PRF. “Vamos fazer um reforço nas divisas dos Estados, pois muitos torcedores irão assistir jogos de suas seleções em outros Estados e virão de ônibus para Natal. Sabemos que esses torcedores irão vir de comboio. Por exemplo, mais de 3 mil mexicanos irão vir de ônibus para Natal. Iremos fazer um trabalho diferenciado para escoltar esses torcedores com segurança até Natal”. “Nos dias de jogos também iremos fazer algumas interferências nos trânsitos nas rodovias que são de responsabilidade da PRF. Iremos fazer isso para trazer mais segurança e conforto para os torcedores”.

Forças Armadas

Em Natal, o Ministério da Defesa funcionará no 3º Distrito Naval, em um Centro de Coordenação de Defesa de Área (CDA), construído exclusivamente para a Copa do Mundo. O comando da CDA ficará a cargo do Almirante Marcos Nunes de Miranda. Serão 4.700 militares da Marinha, Aeronáutica e Exército que irão atuar na defesa marítima e fluvial, principalmente na Via Costeira, região onde os hotéis que as seleções ficarão hospedadas ficam localizados. “Combater possíveis ameaças químicas, biológicas e nucleares são atribuições das Forças Armadas. Além disso, a prevenção e o combate ao terrorismo também são funções das Forças Armadas. Esperamos que nenhum incidente desse tipo aconteça, mas se ocorrer nós estaremos preparados”, destacou o Almirante Marcos Nunes em entrevista para a InterTV Cabugi.

Para trazer uma segurança também para os torcedores que irão aos jogos, o espaço aéreo do Arena das Dunas sofrerá alterações. Durante as partidas será proibida a circulação de aeronaves particulares e comerciais em uma altura menor que 4,7 km e um raio de 7,2 km do Arena. “Isso não irá interferir no funcionamento do aeroporto, seja lá qual for, no Augusto Severo ou no de São Gonçalo do Amarante, já que ainda não foi definido. Limitamos essa rota para não interferir na área que está a Arena das Dunas”, explicou o Almirante.

No clássico entre ABC e América realizado no Arena das Dunas no último dia 3 de maio (sábado), que foi utilizado pelo Comitê Organizador Local da Copa do Mundo como evento teste para o mundial, o CDA também funcionou pela primeira vez. O aparato de defesa foi composto por sofisticada tecnologia de informação, viaturas, motocicletas. Tudo funcionou desde o início até o encerramento do jogo e dispersão das torcidas. Na ocasião, também estiveram no CDA representantes da Polícia Federal, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Agência Brasileira de Inteligência, Polícia Rodoviária Federal, SAMU e Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob).

A ação foi considerada um sucesso. “Todos os objetivos do teste foram alcançados e salientou que para os jogos da Copa do Mundo haverá um aparato de segurança muito superior ao utilizado, pois contará com a presença de efetivos de outros estados, como os Batalhões do Exército, sediados na Paraíba, e com os Navios de Guerra e tropas especiais da Marinha, procedentes do Rio de Janeiro”, finalizou o Almirante.

Polícias Civil e Federal anda finalizam Planos de Segurança

A reportagem do Jornal de Hoje entrou em contato com representantes da Polícia Civil para saber de todo o aparato da segurança que o a instituição iria disponibilizar para a Copa do Mundo, porém a assessoria de imprensa informou que o Plano de Segurança ainda não havia sido finalizado, o que deve acontecer na próxima semana. Porém, o delegado Matias Laurentino, titular da Diretoria de Polícia de Natal e Grande Natal, explicou um pouco de como irá funcionar o trabalho durante o mundial. “Durante a Fan Fest, vamos ter um atendimento especial na cidade. Estarão participando da segurança a 2ª DP, o próprio ônibus de delegacia móvel, a 4ª DP, a 15ª DP, Delegacia do Turista e as plantões Zona Sul e Zona Norte. Todos ficarão funcionando até o encerramento da festa, que será às 22h”.

Laurentino ainda informou que o efetivo será reforçado durante a Copa do Mundo. “Estão vindo 30 policiais da Força Nacional. Estão vindo escrivães e agentes. Apesar de não fazer parte do Plano de Segurança da Copa do Mundo, também estamos trabalhando para conseguir trazer delegados para ajudar aos delegados daqui que estarão trabalhando durante a Copa do Mundo”.

Na Polícia Federal, que irá comandar o sistema de segurança durante a Copa do Mundo ao lado da Marinha, o responsável pelo mundial é o delegado Paulo Henrique. Porém, ele não estava disponível para entrevistas. Em março, quando o cadastramento dos vigilantes que irão trabalhar dentro da Arena das Dunas estava sendo feito, o delegado Joel Moreira, informou algumas atribuições da Polícia Federal no evento. “Todos os problemas que acontecerem a PF é que irá receber as reclamações. Depois, passaremos o problema para o órgão responsável, como Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Polícia Civil”, destacou Joel Moreira, que ainda confirmou que o FBI (Agência de Investigação dos Estados Unidos) já esteve em Natal para analisar a segurança. “Realmente eles estiveram aqui e sabemos que eles irão mandar alguns agentes para cá. Mas a segurança é de responsabilidade do país que está sediando a Copa do Mundo”.

Compartilhar: