Seleção chega a 14 vitórias em 15 jogos, mas foge de soberba

Até agora são 14 vitórias nos últimos 15 jogos, o que eleva a auto-confiança do time

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O Brasil chegará à Copa do Mundo com um retrospecto recente de colocar medo nos adversários. Até agora são 14 vitórias nos últimos 15 jogos, o que eleva a auto-confiança do time, mas também força cuidados especiais para a comissão técnica comandada por Luiz Felipe Scolari. Após a vitória por 4 a 0 sobre o Panamá, o treinador disse que um dos trabalhos que tem sido feito nesta preparação é o de lembrar os jogadores que ainda há um longo tempo a percorrer até comemorar um possível hexacampeonato.

“Tenho pensado nisso (excesso de auto-confiança). Se não tivesse pensado, eu não teria dado aquela bronca. Quando está legal, nós temos que falar. É o que eu falo para eles lá dentro. Não falo aqui, mas falo lá. Ganhar 14 jogos é ótimo. Mas nós temos que ganhar mais oito. O amistoso e os sete próximos se quisermos ser alguém, fazer história”, afirmou.

Felipão se referiu à bronca dada no treinamento do último domingo na Granja Comary. Na ocasião, ele parou a atividade por diversas vezes e pediu mais atenção principalmente na marcação, que considerou frouxa na recomposição de contra-ataques e escanteios.

O que mais impressiona nesta sequência positiva de Felipão, interrompida apenas por uma derrota para a Suíça em agosto de 2013, é a capacidade de lidar com momentos difíceis na partida. Nesta terça-feira o time conseguiu marcar praticamente em seu primeiro lance de perigo, após 20 minutos de jogo ruim. São 46 marcados e apenas seis gols levados neste período.

Para ajudar nesta tarefa de manter a Seleção focada e sem soberba Felipão contará com a ajuda da psicóloga Regina Brandão a abrirá as portas da Granja Comary para uma série de palestrantes. Os dois primeiros desta semana devem ser o técnico Rubens Minelli e o ex-goleiro Marcos. Nomes como Bernardinho e Carlos Alberto Julio também devem ser chamados. “A partir dessa semana nós teremos oito palestrantes espetaculares em nossa concentração pensando nisso”, disse

Mensagem captada

A bronca de Felipão e a cobrança por foco mesmo na boa fase parece ter sido assimilada pelos jogadores. Todos repetem o discurso de que ainda é preciso melhorar em muitos aspectos.

“Está precisando de muitos ajustes, precisamos evoluir mais. São mais de três meses sem jogar juntos. Temos que ter a consciência que o grau de dificuldade vai aumentar muito mais. Vai ser outra competição, por isso temos que evoluir para chegar no jogo de estreia preparados”, disse Fred.

Veja a sequência vitoriosa do Brasil

Brasil 3 x 0 França
Brasil 3 x 0 Japão
Brasil 2 x 0 México
Brasil 4 x 2 Itália
Brasil 2 x 1 Uruguai
Brasil 3 x 0 Espanha
Brasil 0 x 1 Suíça (única derrota)
Brasil 6 x 0 Austrália
Brasil 3 x 1 Portugal
Brasil 2 x 0 Coreia do Sul
Brasil 2 x 0 Zâmbia
Brasil 5 x 0 Honduras
Brasil 2 x 1 Chile
Brasil 5 x 0 África do Sul
Brasil 4 x 0 Panamá

Fonte: Terra

Compartilhar: