Sem substituto para José Aldo, UFC cancela evento pela 2ª vez

O primeiro evento cancelado na história da organização foi o UFC 151

A organização convidou Ronda Rousey após o UFC 175, mas a campeã acabou recusando. Foto: Divulgação
A organização convidou Ronda Rousey após o UFC 175, mas a campeã acabou recusando. Foto: Divulgação

Nesta segunda-feira, o UFC anunciou que a 176ª edição, que estava marcada para o dia 2 de agosto, em Los Angeles, não irá mais acontecer. Após lesão de José Aldo, que faria a luta principal com Chad Mendes, a organização não conseguiu encontrar um lutador substituto e foi obrigada a cancelar o evento, fato que acontece apenas pela segunda vez na história da competição.

Em uma atitude desesperada, a organização tentou recrutar Ronda Rousey para essa edição, após a vitória sobre Alexis Davis no UFC 175, disputado no último sábado (05). A americana precisou de apenas 16 segundos para nocautear a adversária e foi convidada ainda no octógono para “salvar” o evento. Com menos de um mês para se preparar, a campeã tentou desconversar e acabou não aceitando.

Através de um comunicado oficial, a organização prometeu reagendar todos os combates marcados do UFC 176, inclusive a disputa de cinturão entre Aldo e Mendes, assim que o brasileiro estiver recuperado da lesão.

O primeiro evento cancelado na história da organização foi o UFC 151, que aconteceria em setembro de 2012. A luta seria entre Jon Jones e Dan Henderson, que se machucou semanas antes da luta. A diferença é que o lutador acabou perdendo a vez, já que Vitor Belfort foi colocado para enfrentar o campeão dos meio-médios no UFC 152.

Fonte: Terra

Compartilhar: