Sena define equipe no 3-5-2 para jogo contra o Vitória, em Salvador

Assim como o América, os baianos tiveram uma curta pré-temporada e ainda não estão 100% fisicamente

Treinador optou por Fabinho na lateral-direita. Foto: Divulgação
Treinador optou por Fabinho na lateral-direita. Foto: Divulgação

O América já está definido para o jogo de estreia da Copa do Nordeste contra o Vitória, amanhã, às 18h30, no estádio Barradão, em Salvador. No treindo de apronto, ontem, em Goianinha, o técnico Leandro Sena o optou por um esquema com três zagueiros, tirando o lateral direito Wálber da equipe e colocando o zagueiro Adalberto. Com o 3-5-2 montado, o volante Fabinho ocupará a lateral-direita, vaga que está aberta desde a saída de Norberto.

A equipe que vai a campo no Barradão estará formada com: Andrey, Cléber, Edson Rocha e Adalberto; Fabinho, Márcio Passos, Dener, Rafinha e Rai; Max e Adriano Pardal. O treinador americano ainda terá a opção de escalar Rubinho no segundo tempo. O destaque da Série C de 2012 ganhou condição de jogo e foi relacionado para o confronto em Salvador. O atacante Isac também teve o nome no BID, mas ainda não está bem fisicamente e ficará em Natal.

Pelo lado do Vitória, o zagueiro Dão, o meia Escudero e o volante Lucas Zen foram regularizados e vão para o jogo de estreia contra o América. Porém, a definição completa do time só acontecerá após o último treino, neste sábado, comandado pelo técnico Ney Franco. Assim como o América, os baianos tiveram uma curta pré-temporada e ainda não estão 100% fisicamente.

Potiguar

O Potiguar de Mossoró estreou com vitória na Copa do Nordeste. A equipe comandada pelo técnico Flávio Barros largou atrás no marcador, mas conseguiu a virada e venceu por 2 a 1 o Treze de Campina Grande, ontem à noite, no estádio Nogueirão, com gols de Rayln e Vavá. Em saída de bola errada da defesa alvirrubra, o Treze abriu o placar com o atacante Jaílson nos primeiros minutos do segundo tempo.

O Potiguar empatou aos 35 minutos com Rayllan, após rebote do goleiro Gilson em chute de Fabinho Cambalhota. Ainda houve duas bolas na trave, uma do Treze, com Eduardo Arroz e a outra com Paulo Paraíba. Mas nos acréscimos, o alvirrubro virou a partida através de Vavá em cruzamento de Fabinho Cambalhota.

Compartilhar: