Servidores da saúde de Parnamirim iniciarão greve no dia 5 de maio‏

Principal reivindicação da categoria é a criação de Plano de Cargos, Carreiras e Salários

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Na manhã desta sexta-feira (25), os servidores da saúde municipal de Parnamirim realizaram uma assembleia e aprovaram uma greve com início para o próximo dia 5 de maio. A principal reivindicação dos servidores é a criação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) da categoria, que deveria ter sido feito no final do ano de 2012.

Segundo os servidores, o prefeito de Parnamirim, Maurício Marques, havia se comprometido a implantar o PCCS até dezembro de 2012, mas de lá para cá houve poucos avanços sobre a questão. Em 2013, durante a greve de 60 dias dos servidores da Maternidade Divino Amor, o Sindsaúde-RN chegou a realizar um seminário sobre o PCCS com os servidores e tirou uma comissão para participar do processo de criação do plano junto à prefeitura. Entretanto, em 4 meses essa comissão só se reuniu uma vez e nenhum compromisso foi firmado, o que acabou paralisando os trabalhos.

A categoria defende que o PCCS estabeleça, entre outros pontos, uma carga horária de 30 horas para todos os servidores, além de garantir incentivo à qualificação, promoções e mudanças de nível a cada 2 anos.

A greve também reivindica que a prefeitura faça o repasse dos recursos federais do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ) que são destinados aos agentes de saúde. Embora o PMAQ garanta essa remuneração aos agentes, a prefeitura de Parnamirim não está fazendo o repasse devido aos trabalhadores.

Com a greve, serviços como os de atendimento nas unidades de saúde e na Maternidade Divino Amor serão afetados. A greve terá início a partir das 9h do próximo dia 5, com um ato público na Maternidade Divino Amor (Avenida Tenente Medeiros, 145, Centro). Em seguida, os servidores sairão em passeata pelo centro do município, realizando novo ato no Centro Administrativo (Prefeitura).

Compartilhar:
    Publicidade