Servidores da saúde protestam com bolo na Maternidade Leide Morais

Reforma da Maternidade acaba de completar 1 ano e a entrega foi novamente adiada

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Na manhã desta segunda-feira (16), os servidores da Maternidade Leide Morais, lotados em outras unidades do município de Natal, se encontraram em frente à Maternidade para realizar um protesto diferente. Os trabalhadores levaram um bolo de aniversário para marcar o tempo da reforma, iniciada em 14 de junho de 2013.

Os servidores ainda levaram salgadinhos, refrigerante e cantaram parabéns em forma de paródia, exigindo que a unidade seja entregue à população, que apoiou o ato e também comeu do bolo.

Inicialmente prevista para ser realizada em seis meses, a reforma já recebeu dois novos prazos e está prevista para ser concluída em julho deste ano. A Maternidade foi inaugurada há 7 anos, ainda no governo anterior do prefeito Carlos Eduardo. Desde então, já passou por duas reformas no governo Micarla e, agora, enfrenta a terceira reforma, esta que acaba de completar 1 ano.

A reforma da Leide Morais e o fechamento da Pediatria do Hospital Santa Catarina e do Deoclécio Marques aumentaram a superlotação de outras maternidades e unidades do município, como o Sandra Celeste e a Maternidade das Quintas.

Compartilhar:
    Publicidade