Servidores de Parnamirim em greve farão assembleia na tarde desta segunda-feira

Categoria cobra a criação do Plano de Cargos e denuncia crise na saúde pública do município

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Nesta segunda-feira (26), às 15h, os servidores da saúde de Parnamirim realizarão uma nova assembleia da greve, no auditório da Maternidade Divino Amor (Avenida Tenente Medeiros, 37, Parnamirim). A greve, anunciada no início desse mês, vem se fortalecendo principalmente desde o dia 19 de maio, quando as mobilizações de rua se multiplicaram e vários serviços foram interrompidos, principalmente na Maternidade Divino Amor, onde 70% dos servidores aderiram à greve.

A principal reivindicação dos servidores é a criação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) da categoria, que deveria ter sido feito no final do ano de 2012. Segundo os servidores, o prefeito de Parnamirim, Maurício Marques, havia se comprometido a implantar o PCCS até dezembro de 2012, mas de lá para cá houve poucos avanços sobre a questão. A categoria defende que o PCCS estabeleça, entre outros pontos, uma carga horária de 30 horas para todos os servidores, além de garantir incentivo à qualificação, promoções e mudanças de nível a cada 2 anos.

Além disso, a categoria ainda denuncia uma crise na saúde pública do município, diante da falta de profissionais, de insumos básicos (inclusive para urgências e emergências) e de estrutura física adequada nas unidades de saúde. A enfermaria da maternidade Divino Amor, por exemplo, está interditada devido às infiltrações e mofo, problemas constantes também nas demais unidades, assim como vazamentos, pias e vasos sanitários entupidos. Os servidores também cobram Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para todos os profissionais, principalmente os auxiliares de serviços gerais (ASGs).

Na quinta-feira da semana passada (22), os grevistas promoveram um ato no Centro Administrativo de Parnamirim e conseguiram uma audiência com o secretário municipal do Gabinete Civil, Henrique Eduardo Costa, que se comprometeu a dialogar com o prefeito Maurício Marques também nesta segunda (26) e apresentar na quarta-feira (28) o nome de um técnico especialista para a criação do PCCS dos servidores. Na assembleia de logo mais à tarde, os servidores irão avaliar os pontos tratados nessa audiência e organizar um novo calendário de atividades para os próximos dias.

Compartilhar:
    Publicidade