SESED apresenta novo plano de segurança para segmento turístico

O horário deste policiamento será entre às 20h e às 02h, diariamente

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Empresários e representantes da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (ABRASEL/RN) foram recebidos pela Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (SESED) para conhecer o planejamento operacional para fortalecimento da segurança no segmento turístico.

Por meio de readequação de horários e de emprego de efetivos, a Polícia Militar vai destacar homens de diversas companhias e batalhões para reforçar áreas sensíveis da capital. Serão, por dia, quase 70 policiais militares, distribuídos entre 15 postos de policiamento fixo e 12 viaturas, que farão o patrulhamento itinerante. Para favorecer o planejamento estratégico, foram constituídas seis micro-áreas: Capim Macio, Ponta Negra, Corredor Leste-Sul (abrangendo a região da Via Costeira), Petrópolis, Tirol e Barro Vermelho. No total, a área coberta será em torno de 40 quilômetros. O horário deste policiamento será entre às 20h e às 02h, diariamente.

“A Operação Carpe Diem é uma suplementação ao policiamento diário já existente nos bairros. Nenhuma área da cidade, nenhum bairro está sendo desguarnecido em função do desenvolvimento desta operação”, disse o Secretário Estadual de Segurança, General Eliéser Monteiro.

O objetivo do plano é reforçar o policiamento, principalmente o itinerante, nos principais corredores turísticos da capital, inibindo, assim, a investida de criminosos contra bares, restaurantes e áreas de lazer de Natal.

Ao final do encontro, o Secretário de Segurança ainda reforçou a importância de que os empresários, através da ABRASEL, busquem soluções para conexão dos sistemas de monitoramento de seus estabelecimentos ao Centro Integrado de Operações de Segurança Pública – CIOSP. “Com essa interligação, o CIOSP aumentará o número de câmeras de vigilância monitoradas, oferecendo também, mais segurança aos bares, hotéis e restaurantes da cidade”, destacou o titular da SESED.

Oportunamente, esse plano de segurança será expandido para outras regiões do Estado.

Compartilhar: