Sétima Arte FC – Alex Medeiros

Ao apagar do mês de maio, a revista Preview, especializada em cinema, lançou uma edição especial destacando uma seleção de…

Ao apagar do mês de maio, a revista Preview, especializada em cinema, lançou uma edição especial destacando uma seleção de filmes com a temática do futebol. A publicação já está nas bancas de Natal e é um bom documento para os interessados.

São resenhas curtas sobre alguns dos melhores filmes com o futebol e seus artistas como protagonistas, como a obra de despedida do cineasta John Huston, “Fuga Para a Vitória”, uma leitura ficcionista sobre os fatos reais ao tempo da Segunda Guerra.

O velho diretor juntou a estrela Michael Caine, o brutamontes Sylvester Stallone e os maiores astros do futebol na opinião dele, como Pelé, o inglês Bobby Moore, o argentino Ardiles, o polonês Deyna, o belga Paul Van Himst e o norueguês Thoresen.

A revista destaca também outro grande filme sobre o tema, “O Milagre de Berna”, sobre a campanha alemã na Copa 1954 em que a seleção da Hungria deu um show de talento, mas foi superada pela tática e estratégia da geração do craque alemão Fritz Walter.

Há os cines-documentários nacionais “Pelé Eterno”, “Heleno” e “Boleiros”, mas desconheceram o longa (mal feito) sobre Garrincha, os documentários “Alegria do Povo” (1962), “Brasil de Bom de Bola” (1970) e as duas produções sobre e com Zico.

Estão lá também “O Ano que Meus Pais Saíram de Férias” e “O Casamento de Romeu e Julieta”, produções bem elaboradas na linguagem influenciada pelas novelas. A revista peca ao inserir filmes norte-americanos sobre outros esportes, como rúgbi e beisebol.

E pratica o maior dos erros na edição ao esquecer um grandioso filme e um belo documentário. Estou falando de “Montevideo”, produção sérvia de 2010, e “Uma Vez na Vida: A Extraordinária História dos The New York Cosmos”, lançado em 2006.

E me atenho aqui no primeiro erro, posto que o filme sérvio não vive sendo exibido por aí nas reprises dos canais fechados. Quem gosta de futebol, precisa urgentemente procurá-lo e assistir. É a saga de uma das melhores escolas da bola no século XX.

O diretor Dragan Bjelogrlic transformou em poesia cinematográfica o roteiro do trio Ranko Bozic, Vladimir Stankovic e Srdjan Dragojevic em que conta a história real do esforço sobre-humano de uma geração de jogadores para participar da Copa de 1930.

A primeira Copa do Mundo, disputada no Uruguai, não tinha eliminatórias; os países eram convidados pela ainda jovem FIFA para uma festa lúdica e cívica imaginada pelo francês Jules Rimet, o terceiro presidente. Viajar para Montevideo era uma aventura.

O filme conta a luta dos craques da Iugoslávia e seu técnico para convencer o governo a financiar a travessia do Atlântico, de navio. Angústia, romantismo, talento, abnegação, conflitos pessoais, renúncias, são elementos que compõe uma obra estupenda.

Um garoto com deficiência física é o narrador da estória dentro da história, a testemunha da batalha pela formação do time e pela viagem ao país sulamericano. Ele conta a aventura de um amigo do bairro que acaba formando dupla com um astro.

Tirke é uma espécie de Garrincha, nascido nas peladas suburbanas e sonhando com o glamour do profissionalismo. Mosa é um Pelé já consagrado pela mídia, estrela maior do futebol iugoslavo. Juntos, formarão a mais fantástica dupla de ataque do país.

Tirke é o ponta Aleksandar Tirnanic, Mosa é o artilheiro Blagoje Marjanovic (já escrevi uma crônica sobre ele aqui mesmo na coluna do JH), autor de mais de 1.000 gols na carreira. E “Montevideo” é um filme obrigatório para os apaixonados por bom futebol. (AM)

Fan Fest

O primeiro dia da estrutura destinada ao lazer na Copa em Fortaleza, durante show do cantor baiano Bel Marques, foi marcado por facadas, porretadas, assaltos e brigas de gangues. O policiamento teve um enorme trabalho para conter tanta violência.

Inauguração

Fez bem a presidente Dilma Rousseff em cancelar visita ao aeroporto Aluizio Alves. Sua presença teria sido abafada pela figura do prefeito de Natal, Carlos Eduardo, que ontem deu a Natal as grandes obras de mobilidade na Prudente de Morais e adjacências.

Avanço

A pré-campanha do vice-governador Robinson Faria (PSD) começa a provocar prejuízos na aliança PMDB-PSB, atraindo lideranças e até prefeitos de um dos partidos. Um segmento social que estava prestes a fechar com o PMDB poderá optar pelo PSD.

Obras

Agora é tarde, ou no mínico cínico, para o PT tentar tirar de Carlos Eduardo e do seu primo Henrique Alves os louros das obras de mobilidade, que já deveriam ter sido iniciadas no governo Micarla, não fossem as interferências políticas de Fátima Bezerra.

Hospedagem

O que faltou para Natal ser escolhida por alguma seleção da Copa como concentração. Há equipes hospedadas em todo lugar, menos aqui: em Aracaju, Maceió, Fortaleza, Recife, Salvador, Vitória, Curitiba, Florianópolis, sem falar Rio, Sampa e Beagá.

Retrógrados

“Essa história de jogar a culpa no passado já passou. O passado são eles”. Comentário preciso e historicamente correto do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso sobre o Partido dos Trabalhadores. O PT não é apenas passado, mas o presente mais corrupto.

A vida

“Nascer é um bambo maior do que qualquer percentual restritivo de loteria. Para o seu nascimento foi preciso que a sequência de todos os ancestrais tenha sido exatamente o que foi”. Do escritor François Silvestre na edição de domingo do Novo Jornal.

Gramados

Na capa do portal UOL e do site da Folha de S. Paulo em destaque a preocupação da FIFA com a qualidade dos gramados de sete arenas da Copa. Natal está na lista, ao lado das sedes Curitiba, Cuiabá, Porto Alegre, Brasília, Manaus e Rio de Janeiro.

Figurinhas

A editora Panini vai reforçar os estoques de figurinhas da Copa do Mundo durante os dias de jogos para atender à febre de colecionismo no país. Em Natal, segue o troca-troca na Livraria Saraiva, Cigarreira Atheneu, Banca do Junior e Supermercado Extra.

Point espanhol

O restaurante Dom Nemesio, na avenida Rodrigues Alves, vai receber a colônia espanhola de Natal durante os jogos da “Fúria”. O proprietário, Pio Morquecho, é cônsul do país na cidade. O local estará aberto para todos os jogos vespertinos da Copa.

Compartilhar:
    Publicidade