Setor hoteleiro em Natal registra 84% de ocupação durante a Semana Santa

Com a presença de turistas, bares e restaurantes da capital e dessas outras localidades registram bom movimento de clientes

U65UI65UI56

O feriadão da Semana Santa, que para muitos já começa nesta quinta-feira (17) vem sendo comemorado pelo setor hoteleiro do Rio Grande do Norte, que já registra quase a totalidade dos leitos ocupados até o próximo dia 21, feriado de Tiradentes. De acordo com o mais recente balanço da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do RN (ABIH-RN), a perspectiva é de que Natal tenha 84% dos leitos ocupados neste período.

O balanço da ABIH também destaca a alta procura de turistas para a temporada na Praia da Pipa, em Tibau do Sul, e na cidade de Mossoró. Em Pipa a perspectiva é de que as ocupações cheguem aos 96% dos leitos oferecidos e, em Mossoró, que cresceu mais de 20% em comparação ao ano passado, a perspectiva de ocupação é de 74,5%.

Para Habib Chalita, presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis, feriados prolongados como a Semana Santa sempre representam boas ocupações para a rede hoteleira. “Em especial, esse ano a segunda-feira também será feriado. Ou seja, o turista pode aproveitar ainda mais”, disse. Com a presença de turistas, bares e restaurantes da capital e dessas outras localidades registram bom movimento de clientes.

“Estamos felizes pelos associados, que investem e correm atrás para divulgar o destino o ano todo. O bom número da ocupação é reflexo do trabalho e dedicação”, disse o diretor executivo da ABIH-RN, Márcio Guedes. O diretor destaca o quadro de ocupação na Praia da Pipa, que terá a cadeia econômica movimentada também em função dos shows de grandes artistas nacionais durante o feriadão.

“Toda a cadeia econômica sai ganhando: bares, restaurantes, barraqueiros, vendedores de cocos e, acima de tudo, o município de Tibau do Sul com o acréscimo na arrecadação dos recebimentos dos impostos”, disse. “Quem também ganha é o artesanato da cidade com a venda de objetos e lembranças adquiridas pelos turistas”, comentou.

Compartilhar:
    Publicidade