Seturde incentiva realização da 1ª Feira de Turismo Religioso em Natal

O evento espera reunir cerca de 20 mil pessoas em quatro dias

“Está sendo lançado o alicerce de um novo projeto para incrementar a exploração do turismo religioso” Fernando Bezerril. Foto:Divulgação
“Está sendo lançado o alicerce de um novo projeto para incrementar a exploração do turismo religioso” Fernando Bezerril. Foto:Divulgação

A Prefeitura do Natal, através da secretaria municipal de Turismo e Desenvolvimento Econômico (Seturde) está incentivando e terá participação na 1ª Feira de Turismo Religioso – EXPO TOUR CATÓLICA que tem como principal objetivo resgatar o turismo religioso como fonte de desenvolvimento para este segmento do Rio Grande do Norte. O evento é uma promoção da PRODEVTUR (Produtora e Promotora de ventos e Turismo Religioso), tem apoio da cúpula católica do estado, e está previsto para acontecer na primeira quinzena de novembro.

O lançamento da 1ª Feira de Turismo Religioso pelos promotores será no próximo dia 22 de janeiro, às 9h, no auditório da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas de Natal), quando serão anunciados detalhes como: local, como participar, entre outras iniciativas. Segundo o diretor executivo da PRODEVTUR, Manoel Sidnésio, a proposta do evento é servir como fonte de instrução no segmento religioso, para tanto, a produção do evento está contando com o apoio do Assistente Eclesiástico Pe. José Ferreira da Silva Neto, da paróquia Nossa Senhora da Conceição, de Canguaretama, além da contribuição dos membros da empresa que são todos católicos.

Segundo Manoel Sidnésio, o evento espera reunir cerca de 20 mil pessoas em quatro dias e está convidando empresários, hoteleiros e interessados em participar na CDL do lançamento dessa promoção. Para Fernando Bezerril começa a partir de agora um movimento para expandir a exploração do turismo religioso em Natal e no interior do Estado onde toda a cadeia produtiva do segmento turístico natalense tem interesse em participar. “Está sendo lançado o alicerce de um novo projeto para incrementar a exploração do turismo religioso”, salientou.

Fonte:Assessoria

Compartilhar: