Shogun garante que vai buscar o nocaute contra Dan Hendo em Natal

Shogun e Hendo já se enfrentaram em 2011, no UFC 139

O Ultimate confirmou que Mauricio Shogun e Dan Henderson irão se enfrentar no dia 23 de março no UFC que acontece em Natal, duelo que noticiamos em primeira mão na última segunda-feira (20). Shogun e Hendo já se enfrentaram em 2011, no UFC 139. Naquela ocasião, após cinco rounds, o americano acabou levando a vitória por decisão unânime.

Shogun vem de vitória avassaladora contra James Te Huna no UFC Austrália (Foto UFC)
Shogun vem de vitória avassaladora contra James Te Huna no UFC Austrália (Foto UFC)

Em entrevista à TATAME, Shogun disse que essa era uma revanche que já pensava em fazer. “Era uma revanche que, uma hora ou outra, ia acontecer. Os fãs queriam, eu queria e ele queria. Mas acabou saindo mais rápido do que eu imaginava”.

Depois de duas derrotas seguidas, Shogun voltou a vencer ao nocautear James Te Huna no UFC Austrália, em dezembro de 2013. Já Dan Henderson amargou três derrotas seguidas – a última delas para Vitor Belfort, em Goiânia, em novembro do ano passado. Mas nem por isso o brasileiro acha que vive um momento melhor que o americano.

“Acho que estamos em momentos parecidos. E, independente dos nossos últimos resultados, ele é um cara muito duro, um dos melhores do mundo, e não pode ser subestimado”, analisou.

O curitibano é o sétimo do ranking do UFC entre os meio-pesados. No entanto, ele não pensa em cinturão, mesmo que consiga uma vitória convincente sobre Dan. “Não penso em cinturão agora. Penso apenas do Dan Henderson, já que tem uma motivação a mais porque a nossa primeira luta foi polêmica. O resultado mais justo daquela luta seria o empate. Ele venceu os três primeiros rounds e eu venci o quatro e o quinto, sendo que o último deveria ter sido marcado a pontuação de 10-8”.

Shogun perdeu para Hendo na decisão, mas acha que o resultado mais justo teria sido um empate (Foto UFC)
Shogun perdeu para Hendo na decisão, mas acha que o resultado mais justo teria sido um empate (Foto UFC)

Polêmicas à parte, Mauricio garante que tirou algumas lições daquele duelo e espera não repetir os mesmos erros. “Vamos estudar a melhor estratégia, mas dessa vez vou ficar mais ligado no início da luta. É duro começar levando um knockdown e depois se recuperar. Ele encaixou alguns em mim naquela luta”, contou.

Treino com Demian Maia

O último camp de Shogun, para a luta contra Te Huna, foi feito todo em São Paulo com a equipe de Demian Maia. E, para o próximo combate, o curitibano vai manter o mesmo treinamento. “Vou ficar treinando com o Demian. Lá na academia dele, em São Paulo, há outros atletas que me puxam e são referências. Em Curitiba, eu não tinha muitas referências e acabava meio sozinho”, explicou.

A luta entre Shogun e Dan Henderson foi apontada como uma das três melhores da história do UFC (Foto UFC).
A luta entre Shogun e Dan Henderson foi apontada como uma das três melhores da história do UFC (Foto UFC).

Shogun começará seu camp na próxima semana. Ele ainda não tem uma estratégia definida, mas garante que dessa vez não vai deixar nas mãos dos juízes. “O Henderson é um cara muito bom. Ele perdeu para o Rashad (Evans) e para o Lyoto (Machida) em lutas apertadas, mas os dois não foram para a trocação. Eu vou para a trocação, e ele também, então, essa luta será boa para nós dois (risos). Para o Te Huna eu já treinei muito chão, afiei bem o Boxe e o Muay Thai. Vou manter esse treinamento e vou buscar o nocaute ou a finalização”, encerrou o ex-campeão do UFC.

 

Fonte: Revista Tatame

Compartilhar:
    Publicidade