Sindicato dos policiais civis aumentará protestos em Natal nos próximos dias

As mobilizações também serão focadas em cobrar do Governo o cumprimento do que foi acordado durante a última greve

6tuy56uy56u53u5

O Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública do Rio Grande do Norte (Sinpol-RN), irá reforçar as cobranças por melhorias nas condições de trabalho da categoria. Os policiais civis lotaram o auditório do Sinpol-RN, nesta terça-feira (20), e participaram de uma assembleia para debater o andamento das pautas da categoria, bem como traçar estratégias e mobilizações.

Renata Pimenta, vice-presidente do SINPOL-RN, ressalta que a primeira ação será no dia 27 de maio, quando tanto os policiais civis como os servidores do ITEP vão se juntar ao movimento social Marcco, que pediu o impeachment de Rosalba Ciarlini e agora organiza um grande ato público para pressionar os deputados a aprovarem o pedido. “Convocamos as duas categorias para concentração a partir das 8h, na sede do SINPOL-RN, na avenida Rio Branco, de onde sairemos em caminhada até a Assembleia Legislativa”, afirma Renata.

As mobilizações também serão focadas em cobrar do Governo o cumprimento do que foi acordado durante a última greve, como o aumento do efetivo, melhoria das condições de trabalho e valorização salarial. O presidente do Sinpol-RN, Djair Oliveira, destacou que o sindicato também tem feito questão de mostrar para a população os problemas que a polícia civil tem enfrentado.

“O Sinpol-RN está indo até as comunidades, conversar com os moradores para mostrar que se o Estado vive um momento de guerra, a culpa não é dos policiais civis. Temos ressaltado que o Governo não oferece nenhuma condição de estrutura e existe um grande déficit de policiais nas delegacias”, comentou Djair.

Compartilhar: