Site vende software para descobrir senhas do Facebook

Apesar de eficiente, aplicativo pode ser perigoso, ilegal e passar falsa sensação de segurança

Software promete coletar senhas e histórico do computador: prática pode ser ilegal e quebrar a confiança. Foto: Divulgação
Software promete coletar senhas e histórico do computador: prática pode ser ilegal e quebrar a confiança. Foto: Divulgação

“Descubra senhas do Facebook, Skype, Orkut e emails” e “monitore sem ser descoberto” é o que promete um software espião oferecido pelo site DescubraAgora.com. A empresa vende o programa como forma de qualquer um descobrir se está sendo traído ou ainda se um funcionário não está trabalhando como deveria. Segundo a empresa, o aplicativo também é útil para descobrir se crianças mantêm conversas com possíveis pedófilos ou estão envolvidas com usuários de drogas.

O programa não funciona de forma muito diferente de outros softwares espiões, e guarda furtivamente todo o tipo de dados importantes de um computador: histórico de navegadores, todas as teclas digitadas e arquivos acessados. A diferença é o direcionamento para coletas pessoais, com informações específicas sobre conversas no Facebook, Skype e pesquisas no Google.

Riscos

Tal prática, além de poder quebrar a confiança de um relacionamento – seja entre pai e filho ou marido e mulher -, também pode ser ilegal. Pela legislação nacional, instalar um programa em um computador ou smartphone que não é seu, pode ser classificado como “invasão de dispositivo informático”, crime previsto na Lei nº. 12.737/12, mais conhecida como Lei Carolina Dieckmann. Se houver repasse de informações a terceiros ou benefícios econômicos, o crime é agravado. O DescubraAgora.com não destaca esse detalhe no site, informando-o apenas no final da página.

Também existe o risco da própria empresa ser enquadrada na lei, já que o texto informa que “na mesma pena incorre quem produz, oferece, distribui, vende ou difunde dispositivo ou programa de computador com o intuito de permitir a prática da conduta definida”.

Dicas para burlar espionagem

Mas existem formas de superar a intrusão desse tipo de software em seu computador. A mais óbvia delas é utilizar os modos anônimos dos navegadores. No Chrome ele pode ser acessado com o atalho Ctrl+Shift+N e no Firefox com a combinação Ctrl+Shift+P. Todos os registros de sites que forem acessados nas janelas desse modo não são guardadas no computador, e passam despercebido da maioria dos programas espiões.

Outra dica é utilizar o teclado virtual do Windows para digitar senhas e textos mais importantes, caso exista a suspeita do uso de algum software ilícito. A função pode ser acessada no Menu Iniciar > Todos os Programas > Acessórios > Facilidades de Acesso > Teclado Virtual.

Ficar de olho nos processos do Gerenciador de Tarefas (que pode ser acessado através do atalho Ctrl+Shift+Esc) também ajuda a identificar programas estranhos rodando no computador. Qualquer processo estranho pode ser pesquisado e identificado.

Outro defeito do programa é passar uma falsa sensação de segurança. Hoje, muito da comunicação é feita por smartphones, dispositivos que garantem mais privacidade e controle de informações do que computadores e notebooks. E instalar softwares similares em smartphones é criminoso, pelo telefone quase sempre pertencer a uma pessoa apenas, e não a uma família.

Compartilhar:
    Publicidade