Sorteado para antidoping, Messi cria confusão com agentes da FIFA

Logo após a classificação, dois agentes da Fifa anunciaram a Messi que ele teria que ir para a sala de controle. O craque se irritou e discutiu com os funcionários

Craque reclamou por perder a festa no vestiário. Foto: Divulgação
Craque reclamou por perder a festa no vestiário. Foto: Divulgação

Maior craque da Argentina, o atacante Lionel Messi não pode comemorar com seus companheiros a classificação da equipe albiceleste para a final da Copa do Mundo, na última quarta-feira, após a vitória nos pênaltis sobre a Holanda, pela semifinal, em São Paulo. O camisa 10 foi chamado para o antidoping e perdeu a farra no vestiário.

Logo após a classificação, dois agentes da Fifa anunciaram a Messi que ele teria que ir para a sala de controle. O craque se irritou e discutiu com os funcionários, mas teve que obedecer o regulamento. Com a cara fechada, passou por todos sem sorrir e sumiu no interior da Arena Corinthians.

Mais tarde, pelo Facebook, lamentou ter perdido a festa no vestiário, mas feliciou e elogiou os colegas de time pela histórica ida à decisão da Copa após 24 anos.

“Tive que ir para o antidoping e não pude viver o momento no vestiário. Sinto-me orgulhoso de ser parte deste plantel. Que fenômenos são todos, que partida fizeram, que loucura! Estamos na final, vamos aproveitar! Falta apenas mais um passo!” escreveu.

Messi também aproveitou para desejar força à família do jornalista argentino Jorge López, que morreu na madrugada da última quarta, horas antes da partida da Argentina, em um acidente de trânsito em Guarulhos, na grande São Paulo.

“Um abraço para toda a Argentina e uma lembrança muito especial para Jorge ‘Topo’, López. Essa vitória vai especialmente também para você, amigo. Um abraço enorme à família, desejo muito ânimo”, postou.

Fonte: MSN

Compartilhar: