STF libera filho de ‘Fernandinho Beira Mar’ de presídio na Paraíba

Defesa requereu soltura ao STF após o juiz Edivan Rodrigues, titular da Vara de Entorpecente de Campina Grande, absolver o réu da acusação de tráfico de drogas

ytjtyjktyjtyj

O Supremo Tribunal Federal (STF) concedeu habeas corpus e determinou a soltura de Luan Medeiros da Costa, filho do traficante preso Fernandinho Beira-Mar. O jovem, que foi condenado a sete anos de prisão, deixou o Complexo Penitenciário PB1, na noite desta quinta-feira (24), acompanhado de parentes e da defesa. A concessão do habeas corpus ocorreu por meio eletrônico.

A defesa requereu a soltura ao STF após o juiz Edivan Rodrigues, titular da Vara de Entorpecente de Campina Grande, absolver o réu da acusação de tráfico de drogas. O julgamento ocorreu nessa quarta-feira (23). O alvará de soltura do presídio foi assinado pelo juiz da Vara de Execuções Penais de João Pessoa, Carlos Neves.

O secretário de Administração Penitenciária da Paraíba, Walber Virgolino, confirmou a liberação do jovem e disse que ele já cumpriu parte da pena.

6ui56u56u56u5u

O filho de Fernandinho Beira Mar já havia sido condenado a sete anos de reclusão, em regime inicialmente fechado, por tráfico de drogas. Ele foi preso em flagrante no dia 1º de agosto de 2010. A prisão aconteceu no centro da cidade de Campina Grande (no Agreste paraibano), quando ele estava com quatro quilos de cocaína. Participaram da ação, na época, as Polícias Federal, Rodoviária Federal e Militar da Paraíba.

Luan Medeiros já deveria ter sido solto, já que no dia 18 de fevereiro deste ano, o ministro do Supremo Tribunal Federal, Celso de Mello, havia concedido o habeas corpus. “O réu está sofrendo constrangimento ilegal por parte do Superior Tribunal de Justiça em razão do excesso do prazo da prisão cautelar”, argumentou o ministro em seu despacho.

 

Fonte: Portal Correio

Compartilhar:
    Publicidade