Suárez já teria tentado morder Chiellini na Copa das Confederações

Atacante uruguaio já teria tentado morder o mesmo zagueiro na Copa das Confederações

Uruguaio e italiano também se estranharam na Copa das Confederações disputada no ano passado. Foto: Divulgação
Uruguaio e italiano também se estranharam na Copa das Confederações disputada no ano passado. Foto: Divulgação

Luis Suárez ganhou todos os holofotes da Copa do Mundo na última terça-feira. O uruguaio foi acusado de ter mordido o zagueiro italiano Giorgio Chiellini durante partida realizada em Natal e pode ser duramente punido pela Fifa. Ele tem no currículo outros dois casos no qual abocanhou rivais dentro de campo e já teria tentado acertar uma outra dentada justamente em Chiellini.

O fato que passou despercebido aconteceu no ano passado. Itália e Uruguai se enfrentaram pela disputa do terceiro lugar da Copa das Confederações em Salvador, e Suárez teria tentado morder Chiellini. Há três fotos que comprovariam esta tese.

Na primeira, o uruguaio, atrás do italiano, surge agarrado ao rival e com a boca aberta em direção ao ombro direito do defensor. Já nas duas últimas, Chiellini, agora de frente para o atacante, encosta a testa na cabeça do adversário, que o encara com os braços na gola de sua camisa. Alguma coisa havia acontecido. Ou ficou perto de acontecer.

Nesta terça-feira, porém, praticamente não há dúvidas de que a agressão de fato ocorreu. Aos 35min do segundo tempo da partida entre Itália e Uruguai, pela última rodada da fase de grupos da Copa do Mundo, Suárez e Chiellini se enroscaram dentro da grande área, e o uruguaio não titubeou: saltou na direção do rival e acertou-lhe uma mordida no ombro esquerdo.

O defensor italiano urrou de dores e, ao cair no chão, largou o cotovelo no rosto atacante. A mordida foi tão forte, que deixou marcas no braço de Chiellini e provocou dores nos dentes de Suárez. Depois do jogo, o zagueiro afirmou que o uruguaio era um tolo, enquanto que o atacante se defendeu, dizendo que os problemas ficavam dentro de campo.

E essa não foi a primeira vez que Luis Suárez disparou uma dentada dentro das quatro linhas. Em 2010, durante clássico holandês entre PSV e Ajax, ele atacou Otman Bakkal com uma mordida no pescoço. Depois, no início do ano passo, mordeu o zagueiro Branislav Ivanovic, do Chelsea, tendo sido suspenso por dez jogos pela federação inglesa. Na Copa do Mundo, o lance será analisado pela Fifa, que também não deve deixá-lo passar ileso.

Fonte: Terra

Compartilhar: