Supercomputador chinês é considerado o mais poderoso do mundo

Brasil possui quatro supercomputadores no ranking, sendo o único país latino-americano na lista

Supercomputador chinês consegue fazer 33,8 quadrilhões de cálculos por segundo. Foto: Divulgação
Supercomputador chinês consegue fazer 33,8 quadrilhões de cálculos por segundo. Foto: Divulgação

A China possui o mais poderoso supercomputador do mundo pela terceira vez em seguida e aumenta sua presença entre os 500 PCs mais potentes. O super PC Tianhe-2 foi desenvolvido pela Universidade Nacional de Tecnologia da Defesa da China e desempenha 33,8 quadrilhões de cálculos por segundo (Pflop/s).

O ranking Top 500 teve poucas alterações em relação à última lista divulgada, em novembro de 2013. Entre os dez principais equipamentos da lista, a única novidade é o Cray XC30 do governo americano, que tem velocidade de 3.14 Pflop/s.

Embora os Estados Unidos mantenham a liderança do ranking com 233 PCs, eles tiveram uma queda de 15% em relação a 2013, antes eles possuíam 265 supercomputadores. Já a China passou de 63 equipamentos em 2013 para 76 em 2014, quase a mesma quantidade dos principais países europeus somados, Reino Unido (30), França (27) e Alemanha (23). Outro país que teve redução nos supercomputadores foi o Japão, que passou de 30 para 28.

Brasil

Único representante da América Latina na lista, o Brasil entrou melhor colocado com o CIMATEC01 do Senai, que chegou ao Top 100. O PC da instituição brasileira está na colocação de número 96 e consegue atingir 0,4 Pflop/s. Ao todo o Brasil possui quatro supercomputadores na lista, sendo dois da Petrobrás (Grifo 04 e Frifo 06) e um do Inpe (Tup).

Fonte: Terra

Compartilhar: